Dólar cai pelo terceiro dia consecutivo e fecha abaixo de R$ 3,65

LinkedIn

A moeda norte-americana voltou a cair nesta quinta-feira, atingindo o menor patamar em mais de cinco meses. Foi a terceira queda seguida do dólar, que sofreu com o novo corte nas taxas de juros utilizadas na zona do euro. Além disso, a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra Lula e sua família também animou os investidores a apostar na valorização do real brasileiro.

Em 2016, após quarenta e sete pregões, o dólar acumula uma queda de 7,77% ante o real. São vinte e um pregões de alta contra vinte e seis de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

No mês atual, após oito pregões, a moeda norte-americana acumula uma desvalorização de 9,04%. Foram sete pregões de baixa contra um de alta. No último pregão de fevereiro, o dólar fechara cotado a R$ 4,0012 para compra e a R$ 4,0035 para venda.

 

Dólar Hoje

O dólar caiu 1,50% ante o real nesta quinta-feira, 10 de março de 2016, negociado a R$ 3,6402 para compra e a R$ 3,6414 para venda. Ao longo do dia, a cotação da moeda norte-americana oscilou entre R$ 3,6377 (valor mínimo) e R$ 3,7004 (valor máximo).

Com isso, a moeda norte-americana atingiu o menor valor desde 31 de agosto de 2015, quando terminou o dia valendo R$ 3,6270.

 

Cenário Internacional

No cenário externo, o Banco Central Europeu (BCE) cortou suas principais taxas de juros para estimular a economia. Além disso, a entidade reduziu suas projeções de inflação e crescimento econômico na zona do euro em 2016 e 2017.

O presidente do BC europeu, Mario Draghi, afirmou, no entanto, que não prevê mais cortes de juros no futuro.

 

Cenário Nacional

No mercado local, os investidores permanecera  atentos ao cenário político brasileiro. Na véspera, o Ministério Público de São Paulo apresentou denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por ocultação de patrimônio, uma modalidade do crime de lavagem de dinheiro, e falsidade ideológica.

Em entrevista coletiva nesta tarde, o MP negou motivação política no caso e pediu a prisão preventiva do ex-presidente Lula.

Acusações contra membros do PT, partido da presidente Dilma Rousseff, têm sido encaradas como positivas por alguns investidores. Eles acreditam que uma mudança no governo ajudaria o país a recuperar sua credibilidade perante o mercado.

Outros ressaltam, porém, que a perspectiva de turbulências políticas causa instabilidades e não há garantia de que uma eventual troca de presidente traria um quadro mais favorável para a economia brasileira.

Na parte da manhã, o Banco Central divulgou a ata da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária). No documento, o BC retirou a menção de que, para o ano que vem, a inflação estava ligeiramente superior à meta de 4,5% ao ano.

Com isso, o mercado acredita que o BC não vá reduzir a taxa básica de juros (Selic) tão cedo, apesar da fraqueza na economia.

 

Banco Central

Na parte da manhã, o Banco Central (BC) promoveu mais um leilão de rolagem dos swaps cambiais com vencimento em abril, vendendo a oferta total de 9,6 mil contratos. Ao todo, o BC já rolou US$ 3,663 bilhão, ou cerca de 36% do lote total, que equivale a US$ 10,092 bilhões.

Por meio dos contratos de swap cambial, o BC realiza uma operação financeira que equivale à uma venda de moeda no mercado futuro (derivativos), o que reduz a pressão sobre a alta dessa moeda.

Os swaps são contratos para troca de riscos: o BC oferece um contrato de venda de dólares, com data de encerramento definida, mas não entrega a moeda norte-americana. No vencimento desses contratos, o investidor se compromete a pagar uma taxa de juros sobre o valor deles e recebe do BC a variação do dólar no mesmo período.

Esses contratos servem também para proteger os agentes que têm dívida em moeda estrangeira – neste caso, quando o dólar sobe, eles recebem do BC o valor dessa variação.

Nesta quinta-feira, o governo brasileiro também anunciou que está voltando ao mercado externo com a emissão de um título denominado em dólares com prazo de 10 anos. É a primeira captação externa de recursos desde que o país perdeu o grau de investimento pelas agências de classificação de risco.

 

Variação da Cotação do Dólar Comercial em 10 de Março de 2016

Hora Compra Venda Variação % Variação Máximo Mínimo
16:59:00 3,6402 3,6414 -1,50% -0,0556 3,7004 3,6377
16:49:00 3,6435 3,6460 -1,38% -0,0510 3,7004 3,6377
16:39:00 3,6377 3,6382 -1,59% -0,0588 3,7004 3,6377
16:29:00 3,6411 3,6429 -1,46% -0,0541 3,7004 3,6411
16:19:00 3,6445 3,6464 -1,37% -0,0506 3,7004 3,6445
16:09:00 3,6529 3,6546 -1,15% -0,0424 3,7004 3,6453
15:59:00 3,6453 3,6472 -1,35% -0,0498 3,7004 3,6453
15:49:00 3,6492 3,6502 -1,27% -0,0468 3,7004 3,6458
15:39:00 3,6532 3,6537 -1,17% -0,0433 3,7004 3,6458
15:29:00 3,6461 3,6470 -1,35% -0,0500 3,7004 3,6458
15:19:00 3,6471 3,6485 -1,31% -0,0485 3,7004 3,6458
15:09:00 3,6521 3,6540 -1,16% -0,0430 3,7004 3,6458
14:59:00 3,6512 3,6520 -1,22% -0,0450 3,7004 3,6458
14:49:00 3,6560 3,6580 -1,06% -0,0390 3,7004 3,6458
14:39:00 3,6702 3,6708 -0,71% -0,0262 3,7004 3,6458
14:29:00 3,6743 3,6754 -0,58% -0,0216 3,7004 3,6458
14:19:00 3,6689 3,6702 -0,73% -0,0268 3,7004 3,6458
14:09:00 3,6655 3,6670 -0,81% -0,0300 3,7004 3,6458
14:00:00 3,6713 3,6718 -0,68% -0,0252 3,7004 3,6458
13:50:00 3,6704 3,6713 -0,70% -0,0257 3,7004 3,6458
13:39:00 3,6750 3,6770 -0,54% -0,0200 3,7004 3,6458
13:29:00 3,6822 3,6836 -0,36% -0,0134 3,7004 3,6458
13:19:00 3,6757 3,6766 -0,55% -0,0204 3,7004 3,6458
13:09:00 3,6780 3,6795 -0,47% -0,0175 3,7004 3,6458
12:59:00 3,6737 3,6751 -0,59% -0,0219 3,7004 3,6458
12:49:00 3,6677 3,6691 -0,76% -0,0279 3,7004 3,6458
12:39:00 3,6695 3,6720 -0,68% -0,0250 3,7004 3,6458
12:29:00 3,6608 3,6619 -0,95% -0,0351 3,7004 3,6458
12:19:00 3,6780 3,6800 -0,46% -0,0170 3,7004 3,6458
12:09:00 3,6677 3,6684 -0,77% -0,0286 3,7004 3,6458
12:00:00 3,6790 3,6810 -0,43% -0,0160 3,7004 3,6458
11:49:00 3,6867 3,6881 -0,24% -0,0089 3,7004 3,6458
11:39:00 3,6967 3,6986 0,04% 0,0016 3,7004 3,6458
11:29:00 3,7004 3,7016 0,12% 0,0046 3,7004 3,6458
11:19:00 3,6880 3,6890 -0,22% -0,0080 3,6880 3,6458
11:09:00 3,6880 3,6895 -0,20% -0,0075 3,6880 3,6458
10:59:00 3,6855 3,6875 -0,26% -0,0095 3,6855 3,6458
10:49:00 3,6730 3,6755 -0,58% -0,0215 3,6799 3,6458
10:39:00 3,6799 3,6812 -0,43% -0,0158 3,6799 3,6458
10:29:00 3,6660 3,6685 -0,77% -0,0285 3,6660 3,6458
10:19:00 3,6656 3,6663 -0,83% -0,0307 3,6656 3,6458
10:09:00 3,6501 3,6506 -1,26% -0,0464 3,6601 3,6458
10:00:00 3,6458 3,6467 -1,36% -0,0503 3,6601 3,6458
09:49:00 3,6459 3,6475 -1,34% -0,0495 3,6601 3,6459
09:39:00 3,6601 3,6607 -0,98% -0,0363 3,6601 3,6467
09:29:00 3,6499 3,6506 -1,26% -0,0464 3,6545 3,6467
09:20:00 3,6545 3,6561 -1,11% -0,0409 3,6545 3,6467
09:09:00 3,6467 3,6479 -1,33% -0,0491 3,6467 3,6467

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.