Dólar volta a subir nesta terça-feira, pressionado por noticiário econômico, político e policial

LinkedIn

Em mais um dia difícil no mercado de câmbio brasileiro, onde as notícias policiais teimam em povoar as páginas econômicas e políticas dos veículos de mídia especializada, o preço dólar voltou a subir forte, rompendo novamente a barreira dos R$ 3,60. Nesta tarde, foi a vez do presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, ser indiciado pela Polícia Federal por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência no âmbito da Operação Zelotes, que investiga a venda de sentenças do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), órgão ligado ao Ministério da Fazenda. A preocupação do mercado financeiro é que o clima de instabilidade política dificulte a aprovação no Congresso Nacional de medidas econômicas propostas pelo governo do presidente em exercício, Michel Temer.

Em 2016, após cento e dois pregões, o dólar acumula uma queda de 8,50% ante o real. São quarenta e sete pregões de alta contra cinqüenta e cinco de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

No mês maio, após vinte e um pregões, a moeda norte-americana acumulou uma valorização de 5,01%. Foram onze pregões de alta contra dez de baixa. No último pregão de abril, o dólar fechara cotado a R$ 3,4382 para compra e a R$ 3,4401 para venda.

 

Dólar Hoje

O dólar subiu 0,96% ante o real nesta terça-feira, 31 de maio de 2016, negociado a R$ 3,6118 para compra e a R$ 3,6123 para venda. Ao longo do dia, a cotação da moeda norte-americana oscilou entre R$ 3,5683 (valor mínimo) e R$ 3,6293 (valor máximo).

 

Cenário Internacional

O cenário externo foi marcado pelo rebalanceamento do índice global de ações MSCI e suas subdivisões, incluindo a do Brasil, que passa a valer após o fechamento desta terça-feira. Há uma estimativa de saída líquida de mais de um bilhão de reais do Mercado Bovespa com a revisão, que incluiu a saída das ações da AES Tiête e Estácio Participações e da B2W da composição dos indicador sobre o mercado brasileiro. Por outro lado, os índices acionários chineses tiveram seu maior ganho diário em três meses nesta terça-feira, fechando na máxima de três semanas, com as ações financeiras liderando a alta generalizada e investidores apostando que a MSCI vai incluir ações continentais ao seu índice pela primeira vez.

 

Cenário Nacional

No cenário local, os investidores continuaram cautelosos em relação ao cenário político brasileiro.

Nesta tarde, a Polícia Federal indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico de influência no âmbito da Operação Zelotes, que investiga a venda de sentenças do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), órgão ligado ao Ministério da Fazenda.

A notícia aumentou ainda mais a apreensão nos mercados, que já vinham pressionados desde cedo após a baixa de mais um ministro do governo alimentar temores de que não haja clima político para aprovar medidas econômicas no Congresso Nacional.

Na noite passada, o até então ministro da Transparência, Fabiano Silveira, pediu demissão após o vazamento de declarações dele criticando a operação Lava Jato. É o segundo ministro que cai em um período curtíssimo de tempo – uma péssima notícia para a credibilidade do governo.

Na semana passada, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) também teve de deixar o comando do Ministério do Planejamento por motivos parecidos.

Investidores temem que o clima de instabilidade política possa dificultar a campanha do governo por apoio a medidas para ajustar as contas públicas no Congresso Nacional, que muitos entendem ser a chave para a recuperação da economia brasileira.

 

Banco Central 

O dia também foi marcado pela volta das intervenções do Banco Central (BC) no mercado de câmbio. A autoridade monetária ofertou nesta terça-feira até US$ 4,7 bilhões com compromisso de recompra, em operação que tem como objetivo a rolagem de contratos já existentes.

O BC não tinha atuado no mercado cambial nas sete sessões anteriores. Antes disso, vinha agindo principalmente por meio de swaps cambiais reversos, que equivalem a compra futura de dólares, especialmente quando a moeda norte-americana recuava abaixo de R$ 3,50.

Utilizando leilões de swap reverso, que equivalem a compra futura de dólares, e deixando os swaps tradicionais vencerem, o BC reduziu o estoque a cerca de US$ 62 bilhões, segundo dados da instituição. Esse montante somou mais de US$ 100 bilhões durante boa parte do ano passado.

Esses instrumentos, que oferecem proteção contra a variação da moeda norte-americana, tendem a gerar custos para o BC quando o dólar sobe. De maneira geral, operadores esperam que o BC mantenha a estratégia de reduzir essa posição em ocasiões de alívio do câmbio.

Também influenciou o movimento neste pregão a formação do Dólar Ptax, taxa média calculada ao final do mês pelo Banco Central e que serve de referência para a indexação de vários contratos cambiais. Operadores do mercado de câmbio costumam disputar para deslocar a patamares mais favoráveis a suas posições.

Três operadores de grandes bancos nacionais e internacionais consultados pela agência de notícias Reuters afirmaram que, nesta manhã, a pressão de baixa sobre a moeda norte-americana era mais forte do que a de alta na disputa pela formação da taxa.

 

Variação da Cotação do Dólar Comercial em 31 de Maio de 2016

Data Compra Venda Variação % Variação Máximo Mínimo
16:59:00 3,6118 3,6123 0,96% 0,0344 3,6293 3,5683
16:49:00 3,6143 3,6153 1,05% 0,0374 3,6293 3,5683
16:39:00 3,6203 3,6213 1,21% 0,0434 3,6293 3,5683
16:29:00 3,6208 3,6215 1,22% 0,0436 3,6293 3,5683
16:19:00 3,6243 3,6250 1,32% 0,0471 3,6293 3,5683
16:09:00 3,6260 3,6275 1,39% 0,0496 3,6293 3,5683
15:59:00 3,6210 3,6215 1,22% 0,0436 3,6293 3,5683
15:49:00 3,6251 3,6264 1,36% 0,0485 3,6293 3,5683
15:39:00 3,6233 3,6239 1,29% 0,0460 3,6293 3,5683
15:29:00 3,6240 3,6260 1,34% 0,0481 3,6293 3,5683
15:19:00 3,6293 3,6299 1,45% 0,0520 3,6293 3,5683
15:09:00 3,6268 3,6274 1,38% 0,0495 3,6268 3,5683
14:59:00 3,6108 3,6114 0,94% 0,0335 3,6108 3,5683
14:49:00 3,6079 3,6099 0,89% 0,0320 3,6094 3,5683
14:39:00 3,6053 3,6060 0,79% 0,0281 3,6094 3,5683
14:29:00 3,6018 3,6024 0,69% 0,0245 3,6094 3,5683
14:19:00 3,5999 3,6015 0,66% 0,0236 3,6094 3,5683
14:09:00 3,6048 3,6055 0,77% 0,0276 3,6094 3,5683
14:00:00 3,5967 3,5979 0,56% 0,0200 3,6094 3,5683
13:50:00 3,5954 3,5969 0,53% 0,0190 3,6094 3,5683
13:39:00 3,5993 3,5998 0,61% 0,0219 3,6094 3,5683
13:29:00 3,6008 3,6020 0,67% 0,0241 3,6094 3,5683
13:19:00 3,5971 3,5986 0,58% 0,0207 3,6094 3,5683
13:09:00 3,6034 3,6041 0,73% 0,0262 3,6094 3,5683
12:59:00 3,6080 3,6094 0,88% 0,0315 3,6094 3,5683
12:49:00 3,6094 3,6105 0,91% 0,0326 3,6094 3,5683
12:39:00 3,6079 3,6096 0,89% 0,0317 3,6079 3,5683
12:29:00 3,6047 3,6058 0,78% 0,0279 3,6047 3,5683
12:19:00 3,6006 3,6015 0,66% 0,0236 3,6037 3,5683
12:09:00 3,6037 3,6044 0,74% 0,0265 3,6037 3,5683
12:00:00 3,6006 3,6013 0,65% 0,0234 3,6006 3,5683
11:49:00 3,5975 3,5980 0,56% 0,0201 3,5975 3,5683
11:39:00 3,5912 3,5919 0,39% 0,0140 3,5931 3,5683
11:29:00 3,5856 3,5862 0,23% 0,0083 3,5931 3,5683
11:19:00 3,5877 3,5884 0,29% 0,0105 3,5931 3,5683
11:09:00 3,5840 3,5845 0,18% 0,0066 3,5931 3,5683
10:59:00 3,5845 3,5857 0,22% 0,0078 3,5931 3,5683
10:49:00 3,5895 3,5902 0,34% 0,0123 3,5931 3,5683
10:39:00 3,5931 3,5955 0,49% 0,0176 3,5931 3,5683
10:29:00 3,5905 3,5911 0,37% 0,0132 3,5927 3,5683
10:19:00 3,5918 3,5924 0,41% 0,0145 3,5927 3,5683
10:09:00 3,5927 3,5934 0,43% 0,0155 3,5927 3,5683
10:00:00 3,5871 3,5883 0,29% 0,0104 3,5890 3,5683
09:49:00 3,5890 3,5896 0,33% 0,0117 3,5890 3,5683
09:39:00 3,5849 3,5856 0,22% 0,0077 3,5849 3,5683
09:29:00 3,5804 3,5811 0,09% 0,0032 3,5804 3,5683
09:20:00 3,5764 3,5788 0,03% 0,0009 3,5764 3,5683
09:09:00 3,5683 3,5690 -0,25% -0,0089 3,5740 3,5683

Deixe um comentário