Indústria brasileira acumula queda de produção de 11,7% nos três primeiros meses de 2016

LinkedIn

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), comparando os primeiros três meses de 2016 com o mesmo período do ano anterior, o setor industrial nacional apresentou uma queda de produção de 11,7%. Todas as quatro grandes categorias econômicas, 23 dos 26 ramos, 63 dos 79 grupos e 75,4% dos 805 produtos pesquisados apontaram redução na produção neste tipo de indicador.

Entre as grandes categorias econômicas,  bens de capital (-24,5%) e bens de consumo duráveis (-24,3%) mostraram as maiores reduções. Enquanto bens intermediários (-10,3%) e de bens de consumo semi e não-duráveis (-4,5%) também assinalaram resultados negativos.

Atividades

Entre as atividades, os principais impactos negativos no acumulado de 2016 para a formação da indústria foram registrados por veículos automotores, reboques e carrocerias (-27,8%) e indústrias extrativas (-15,3%).

As outras contribuições negativas relevantes sobre o total nacional vieram de máquinas e equipamentos (-23,7%), de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-34,7%), de metalurgia (-13,9%), de produtos de borracha e de materia plástico (-15,7%), de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-20,5%), de produtos de metal (-17,0%), de produtos de minerais não-metálicos (-13,4%), de outros equipamentos de transporte (-23,6%), de bebidas (-7,9%), de produtos texteis (-15,9%),  de confecção de artigos do vestuário e acessórios (-11,4%), de móveis (-15,7%) e de produtos alimentícios (-1,4).

Por outro lado, as atividades de produtos de fumo (17,4%) e de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (2,7%) exerceram as principais influências positivas em março.

 

Entenda a Pesquisa Industrial Mensal (PIM)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Pesquisa Industrial Mensal, produz indicadores de curto prazo relativos ao setor industrial brasileiro.

Iniciada na década de setenta, a pesquisa abrange todo o território nacional e é divulgada mensalmente, em duas versões: PIM-PF e PIMES.

A Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) avalia o comportamento da produção real mensal nas indústrias extrativa e de transformação do país. O IBGE divulga mensalmente dois relatórios sobre a produção física no Brasil: um nacional e outro regional.

A Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (PIMES) avalia o comportamento do emprego e dos salários nas atividades industriais do país.

Clique aqui e saiba mais detalhes sobre a produção industrial no Brasil

 

Notícias Relacionadas

Produção industrial brasileira caiu 11,4% na comparação com mesmo mês do ano anterior
Produção industrial brasileira avançou 1,4% em Março de 2016
Indústria brasileira acumula queda de produção de 11,7% nos três primeiros meses de 2016

Deixe um comentário