Dólar fecha praticamente estável nesta quinta-feira, mantendo-se abaixo de R$ 3,60

LinkedIn

O preço da moeda norte-americana encerrou o pregão desta quinta-feira praticamente estável, após a Câmara dos Deputados aprovar o reajuste dos salários de diversas categorias do setor público com apoio do governo do presidente em exercício Michel Temer e a recriação da Desvinculação de Receitas da União (DRU). Com isso, o dólar manteve-se cotado abaixo de R$ 3,60.

 

Dólar Hoje

O dólar caiu 0,01% ante o real nesta quinta-feira, 02 de junho de 2016, negociado a R$ 3,5860 para compra e a R$ 3,5875 para venda. Ao longo do dia, a cotação da moeda norte-americana oscilou entre R$ 3,7588 (valor mínimo) e R$ 3,6073 (valor máximo).

 

Dólar em Junho

No mês junho, após apenas dois pregões, a moeda norte-americana acumula uma desvalorização de 0,69%. São dois pregões de baixa contra nenhum de alta. No último pregão de maio, o dólar fechou cotado a R$ 3,6118 para compra e a R$ 3,6123 para venda.

 

Dólar em 2016

Em 2016, após cento e quatro pregões, o dólar acumula uma queda de 9,13% ante o real. São quarenta e sete pregões de alta contra cinqüenta e sete de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

 

Cenário Internacional

No cenário externo, as principais bolsas de valores asiáticas e europeias encerraram o dia em alta. As bolsas de valores norte-americanas também encerraram o dia no campo positivo, acompanhando a valorização dos preços das commodities.

O dólar perdeu força na parte da tarde seguindo o movimento dos preços do petróleo no mercado internacional, que passaram a subir. O barril do petróleo Brent, referência no mercado, fechou com alta de 0,64%, a US$ 50,04, enquanto que o petróleo negociado nos Estados Unidos subiu 0,33%, a US$ 49,17 o barril.

 

Cenário Nacional

No cenário local, os investidores continuaram cautelosos em relação ao cenário político brasileiro.

Na madrugada desta quinta-feira, a Câmara dos Deputados aprovou o reajuste dos salários de diversas categorias do setor público com apoio do governo interino de Michel Temer, gerando um impacto bilionário no Orçamento.

Tal medida vai na contramão do ajuste fiscal, primordial para a redução do déficit nas contas governamentais, mas pode contar pontos na questão da governabilidade. É possível que o governo interino ter conquistado mais apoio político com a aprovação da medida.

Por outro lado, a Câmara dos Deputados também aprovou em primeiro turno a DRU (Desvinculação de Receitas da União), que amplia e prorroga até 2023 o mecanismo que permite ao governo gastar livremente parte de sua arrecadação.

O projeto ainda precisa passar por um segundo turno antes de ser enviada ao Senado para mais uma votação em dois turnos. Ainda assim, operadores encararam a aprovação como mais um sinal de apoio ao governo no Legislativo.

Muitos investidores vêm expressando preocupação com a possibilidade de Michel Temer enfrentar dificuldades para conseguir apoio a medidas para ajustar as contas públicas no Congresso, especialmente após escândalos ligados à operação Lava Jato levarem à queda de dois de seus ministros em uma semana.

 

Banco Central 

Pela nona vez nos últimos dez pregões, o Banco Central (BC) não anunciou qualquer intervenção sobre o mercado de câmbio brasileiro. A autoridade monetária tem aproveitado o recuo recente do dólar para reduzir seu estoque de swaps cambiais tradicionais, que equivalem a venda futura de dólares, especialmente quando a moeda norte-americana recua abaixo de R$ 3,50.

Utilizando leilões de swap reverso, que equivalem a compra futura de dólares, e deixando os swaps tradicionais vencerem, o BC reduziu o estoque a cerca de US$ 62 bilhões, segundo dados da instituição. Esse montante somou mais de US$ 100 bilhões durante boa parte do ano passado.

Esses instrumentos, que oferecem proteção contra a variação da moeda norte-americana, tendem a gerar custos para o BC quando o dólar sobe. De maneira geral, operadores esperam que o BC mantenha a estratégia de reduzir essa posição em ocasiões de alívio do câmbio.

 

Variação da Cotação do Dólar Comercial em 02 de Junho de 2016

Hora Compra Venda Variação % Variação Máximo Mínimo
16:59:00 3,5860 3,5875 -0,01% -0,0004 3,6073 3,5788
16:49:00 3,5867 3,5874 -0,01% -0,0005 3,6073 3,5788
16:39:00 3,5825 3,5840 -0,11% -0,0039 3,6073 3,5788
16:29:00 3,5849 3,5864 -0,04% -0,0015 3,6073 3,5788
16:19:00 3,5862 3,5871 -0,02% -0,0008 3,6073 3,5788
16:09:00 3,5847 3,5857 -0,06% -0,0022 3,6073 3,5788
15:59:00 3,5845 3,5857 -0,06% -0,0022 3,6073 3,5788
15:49:00 3,5863 3,5878 0,00% -0,0001 3,6073 3,5788
15:39:00 3,5847 3,5854 -0,07% -0,0025 3,6073 3,5788
15:29:00 3,5788 3,5798 -0,23% -0,0081 3,6073 3,5788
15:19:00 3,5802 3,5809 -0,20% -0,0070 3,6073 3,5802
15:09:00 3,5808 3,5817 -0,17% -0,0062 3,6073 3,5808
14:59:00 3,5818 3,5833 -0,13% -0,0046 3,6073 3,5818
14:49:00 3,5854 3,5868 -0,03% -0,0011 3,6073 3,5854
14:39:00 3,5858 3,5863 -0,05% -0,0016 3,6073 3,5858
14:29:00 3,5888 3,5894 0,04% 0,0015 3,6073 3,5886
14:19:00 3,5895 3,5902 0,06% 0,0023 3,6073 3,5886
14:09:00 3,5916 3,5923 0,12% 0,0044 3,6073 3,5886
14:00:00 3,5920 3,5931 0,15% 0,0052 3,6073 3,5886
13:50:00 3,5931 3,5945 0,18% 0,0066 3,6073 3,5886
13:39:00 3,5934 3,5941 0,17% 0,0062 3,6073 3,5886
13:29:00 3,5964 3,5971 0,26% 0,0092 3,6073 3,5886
13:19:00 3,6008 3,6013 0,37% 0,0134 3,6073 3,5886
13:09:00 3,5995 3,6010 0,37% 0,0131 3,6073 3,5886
12:59:00 3,5969 3,5981 0,28% 0,0102 3,6073 3,5886
12:49:00 3,5954 3,5961 0,23% 0,0082 3,6073 3,5886
12:39:00 3,5966 3,5980 0,28% 0,0101 3,6073 3,5886
12:29:00 3,5969 3,5976 0,27% 0,0097 3,6073 3,5886
12:19:00 3,5953 3,5959 0,22% 0,0080 3,6073 3,5886
12:09:00 3,5913 3,5923 0,12% 0,0044 3,6073 3,5886
12:00:00 3,5886 3,5905 0,07% 0,0026 3,6073 3,5886
11:49:00 3,5907 3,5918 0,11% 0,0039 3,6073 3,5890
11:39:00 3,5903 3,5912 0,09% 0,0033 3,6073 3,5890
11:29:00 3,5969 3,5988 0,30% 0,0109 3,6073 3,5890
11:19:00 3,5970 3,5977 0,27% 0,0098 3,6073 3,5890
11:09:00 3,5958 3,5967 0,25% 0,0088 3,6073 3,5890
10:59:00 3,6005 3,6020 0,39% 0,0141 3,6073 3,5890
10:49:00 3,6073 3,6083 0,57% 0,0204 3,6073 3,5890
10:39:00 3,5998 3,6007 0,36% 0,0128 3,6053 3,5890
10:29:00 3,6053 3,6058 0,50% 0,0179 3,6053 3,5890
10:19:00 3,5993 3,6007 0,36% 0,0128 3,6050 3,5890
10:09:00 3,5965 3,5980 0,28% 0,0101 3,6050 3,5890
10:00:00 3,5908 3,5922 0,12% 0,0043 3,6050 3,5890
09:49:00 3,5934 3,5945 0,18% 0,0066 3,6050 3,5890
09:39:00 3,5922 3,5940 0,17% 0,0061 3,6050 3,5890
09:29:00 3,5890 3,5902 0,06% 0,0023 3,6050 3,5890
09:20:00 3,5924 3,5931 0,15% 0,0052 3,6050 3,5922
09:09:00 3,5922 3,5940 0,17% 0,0061 3,6050 3,5922

 

Deixe um comentário