Fique de Olho: Focus piora projeção de inflação; Usiminas aprova novo diretor; Ser Educacional faz proposta para Estácio

LinkedIn

Focus volta a piorar projeção da inflação em 2016; Copom não deve baixar juros

A projeção de instituições financeiras para a inflação este ano, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi ajustada de 7,06% para 7,12%. Para 2017, a projeção se manteve em 5,5%. Os cálculos fazem parte do boletim Focus divulgado pelo Banco Central. Já a expectativa para a Selic ao final de 2016 está em 12,88% ao ano. Para o fim de 2017, a expectativa é de 11,25% ao ano. Atualmente, a Selic está em 14,25% e o boletim afirma que o Copom não deve baixar os juros na reunião dessa semana. A estimativa do mercado para o encolhimento da economia este ano foi levemente ajustada de 3,81% para 3,71%. Para 2017, a estimativa de crescimento passou de 0,55% para 0,85%.

Inflação sobe mais para consumidores que ganham até 2,5 salários, aponta FGV

A inflação de maio, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), do Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu mais para as famílias com menor renda, de até 2,5 salários mínimos. Os dados divulgados hoje indicam que os preços dos grupos Habitação, Despesas Diversas e Comunicação dispararam e o Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) fechou maio com alta de 0,84%.

ANS publica reajuste máximo de 13,57% para planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou hoje no Diário Oficial da União a decisão de fixar em até 13,57% o índice de reajuste máximo a ser aplicado a planos de saúde médico-hospitalares individuais/familiares no período compreendido entre maio de 2016 e abril de 2017. O anúncio do percentual, válido para planos de saúde contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei 9.656/98, foi feito na última sexta-feira. A mudança atinge cerca de 8,3 milhões de beneficiários – 17% do total de 48,5 milhões de consumidores de planos de assistência médica no Brasil.

Conselho da Usiminas aprova Takahiro Mori como diretor de planejamento

O Conselho de Administração da Usiminas aprovou a eleição de Takahiro Mori para o cargo de diretor vice-presidente de planejamento corporativo da companhia. A informação foi divulgada na sexta-feira em comunicado oficial. Mori foi eleito em substituição a Nobuhiko Takamatsu. A diretoria da siderúrgica tem mandato com vigor até a assembleia geral ordinária a ser realizada em 2018.

Ser Educacional propõe combinação de negócios com Estácio

A Ser Educacional apresentou hoje uma proposta de combinação dos negócios com a Estácio Participações. O projeto foi apresentado dias depois da Estácio ter recebido oferta semelhante da Kroton, o que expõe uma rápida movimentação entre as principais empresas privadas de educação no país. A proposta prevê uma companhia combinada com valor de mercado aproximado de R$ 6 bilhões e cerca de 739 mil alunos presenciais, o que seria a segunda maior do país, atrás apenas da Kroton, com cerca de 1 milhão de alunos.

Rosengren, do Fed de Boston diz que alta de juros nos EUA está perto

O presidente da regional de Boston do banco central norte-americano, Eric Rosengren, afirmou hoje que a recuperação da economia dos Estados Unidos deixou o Federal Reserve mais perto de elevar a taxa de juros, embora o relatório fraco de emprego do mês passado possa dar uma pausa nesse sentido. Rosengren deu a mais recente indicação de que, embora o Fed permaneça no caminho de continuar a apertar a política monetária, provavelmente não fará isso na reunião de 14 e 15 de junho.

As informações são da Agência Brasil e Reuters.

Deixe um comentário