Day Trade: conheça a Fórmula 1 dos investimentos

LinkedIn

O DayTrade é uma das modalidades de investimento com maior potencial de retorno disponíveis no Mercado Financeiro. Esse tipo de aplicação permite realizar lucros expressivos com a oscilação de preços de uma determinada ação. Por ser muito vantajoso e atrativo, é o favorito de muitos investidores de sucesso.

As possibilidades de ganhar dinheiro são tão interessantes que muitas pessoas buscam aproveitá-las ao máximo. Os chamados Traders são investidores que vivem disso, isto é, ganham a vida fazendo transações de curtíssimo prazo na bolsa de valores. E é justamente esse grande potencial de ganho que atrai tanto os Traders.

Para quem está iniciando no mundo dos investimentos, é legal entender todas os principais aspectos da Bolsa de Valores e as formas existentes para investir.

Já sabe o que é a bolsa, mas ainda não conhece o Day Trade de ações? Leia este artigo para entender melhor como funciona e aprenda a investir nessa modalidade de investimento.

Day Trade: o que é

Preferido entre milhões de investidores pelo mundo, o Day Trade vem ganhando cada vez mais espaço no mercado financeiro. Há pouco tempo, esse investimento era conhecido apenas por investidores experientes e profissionais do mercado. Agora, com ajuda da tecnologia e do acesso à informação, essas operações de curto prazo ficaram muito mais acessíveis para o investidor comum.

Como o próprio nome já deixa transparecer, as operações dessa modalidade têm início e fim no mesmo dia. Sua duração é realmente breve, podendo permanecer algumas horas ou até mesmo poucos minutos.

Um aspecto intrigante do Day Trade, que nem todo mundo tem conhecimento, é que suas operações não se limitam à compra e venda de ações. O investidor também pode negociar commodities, como petróleo e boi gordo, moedas como o dólar e o euro, e índices como o Ibovespa e o S&P 500.

Para quem ainda não conhece, o S&P 500 é um índice norte-americano que reúne as maiores empresas dos EUA. Ou seja, os interessados em investir ali podem se tornar sócios de gigantes como Microsoft e Nike.

Legal, não é? Veja a seguir, outros pontos positivos que fazem do Day Trade uma aplicação tão atrativa.

Vantagens do Day Trade

O Mercado Financeiro é dinâmico e bastante diversificado. O Day Trade aproveita ao máximo as oportunidades de negócio que esse dinamismo cria. Deste modo, essas operações conseguem se beneficiar com as oscilações de preço dos ativos principalmente quando a volatilidade do mercado está mais intensa.

Outra vantagem é que o investidor não precisa pagar pelas ações que adquire, pois só paga ou recebe a diferença entre o montante de quando o ativo foi comprado e de quando ele foi vendido.

Confira mais algumas vantagens que o Day Trade oferece:

Agilidade = poder de reação

Ser ágil para aproveitar as oportunidades de ganhos é uma qualidade essencial de um Trader. Por causa da constante movimentação do mercado, surgem muitas janelas de oportunidade durante o dia. A agilidade possibilita ao investidor explorar operações de curta duração, evitando exposição excessiva ao risco de mercado.

A boa notícia é que, com o avanço da tecnologia, hoje em dia isso ficou mais fácil. Plataformas online, conhecidas como Home Broker, deram autonomia ao investidor. Assim, ele envia ordens para a bolsa por meio da ferramenta vinculada a uma corretora. E isso tudo em poucos segundos!

Por possuírem duração de menos de um dia, o Trader não dorme posicionado em um ativo. Isso significa que ele não corre risco de ter perdas expressivas caso ocorra algum acontecimento enquanto o mercado estiver fechado.

Alavancagem = poder de compra

Já imaginou investir até oito vezes o valor do seu capital sem pagar nada a mais por isso? A alavancagem, em modo geral, funciona desta forma. Para usufruir desta vantagem é preciso alocar um percentual do valor total que será investido para realizar as operações de Day-Trade. Este percentual é conhecido como Margem de Garantia.

O pagamento não necessariamente precisa ser feito em dinheiro. Muitas corretoras também aceitam CDB (Certificado de Depósito Bancário), títulos públicos e até mesmo ações como garantia. O melhor disso é que o dinheiro permanece aplicado, fazendo com que haja possibilidade de rendimento em dois lugares simultaneamente.

A alavancagem também não possui custo adicional. A lógica é a seguinte: o investidor não está pegando dinheiro emprestado com ninguém, mas sim aproveitando da natureza do Day Trade de maneira inteligente.

Operação vendida = lucrar com a bolsa em queda

Mais uma vantagem do Day Trade: é possível ganhar dinheiro com a baixa das ações. Para aproveitar a queda de um ativo, o investidor deve vendê-lo para depois recomprá-lo por um preço menor. Essa é a chamada “Operação Vendida”, já que em muitos casos o investidor realiza essa operação sem possuí-la em sua carteira.

Um ótimo benefício é que não é preciso ser dono da ação negociada e nem é necessário alugá-la. Isso porque a venda e a compra acontecem num intervalo menor que um dia, ou seja, o investidor terá sua posição zerada antes do fechamento do mercado.

Análise Técnica: descobrindo oportunidades

O instrumento favorito dos Day Traders é a análise técnica de ações. Também conhecida como análise gráfica, essa ferramenta é extremamente eficiente para encontrar possibilidades de ganho em operações de curta duração.

Através de padrões em um gráfico de preço das ações, identifica-se tendências baseadas em dados e estatística para dizer qual o cenário de mais probabilidade. Deste modo, o investidor tem em mãos informações importantes para decidir se compra (ou vende) determinado ativo.

Para encontrar padrões de comportamento de compradores e vendedores no mercado, essa análise é feita conjugando-se indicadores como:

  • Bandas de Bollinger  
  • Volume Financeiro
  • Suporte e resistência
  • IFR – Índice de Força Relativa

No entanto, mesmo as melhores ferramentas não podem dar 100% de certeza em relação ao que realmente vai acontecer. Por isso é tão importante definir um plano B caso uma situação de adversidade ocorra. Um excelente mecanismo para ajudar os investidores é o Stop Loss, que limita a perda máxima no pior cenário.

Mitos e verdades

Existem muitos mitos sobre essa modalidade de investimento, que acabam afastando potenciais investidores. Entre os equívocos sobre o Day Trade, três deles se destacam:

1) As operações oferecem risco muito alto

Mais do que focar em uma modalidade específica, no Mercado de Financeiro o risco maior acontece quando se investe sem visão estratégica. Com objetivos claros, muita disciplina, ajuda especializada e utilizando corretamente as ferramentas, como a análise técnica e o stop loss, o investidor pode ter excelentes resultados tal qual nos demais investimentos de renda variável.

2) É indicado apenas para quem pode ficar o dia todo no computador

Atualmente, graças aos avanços tecnológicos, é possível ficar de olho em suas transações diretamente pelo celular. Existem aplicativos para smartphones que permitem, inclusive, a compra e venda de ativos. Com poucos cliques, o investidor recebe comunicados em tempo real e aproveita as melhores oportunidades. Deste modo, há mais liberdade e autonomia para usufruir do que o mercado oferece.

3) Agora não é um bom momento para investir

Como vimos, essa modalidade de investimento é bastante dinâmica. Quando a economia não vai bem ou acontecem situações de instabilidade política o Mercado Financeiro reage. Assim, podem ocorrer momentos de forte volatilidade no mercado, fazendo surgir possibilidades de negócio que especialmente as operações de curto prazo permitem desfrutar.

No mais, é preciso ressaltar que para ser bem sucedido nas operações de curto prazo é necessário muita persistência, foco e habilidade. Agora que está mais claro como funciona o Day Trade, fica mais fácil compreender porque cada vez mais investidores estão explorando todas as potencialidades deste investimento.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.