Planos de saúde perderam 1,4 milhão de usuários em 2016; empresas cortam mais

LinkedIn

Em dezembro, o setor registrou 47.898.787 beneficiários em planos médico-hospitalares e 22.031.342 em planos exclusivamente odontológicos. Em um ano, o número de beneficiários em planos de assistência médica registrou queda de 2,8% (cerca de 1,4 milhão). Já o número de beneficiários em planos exclusivamente odontológicos cresceu 3,8% (815,3 mil). Os dados foram divulgado hoje pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A comparação com o mês de novembro mostra que o número de consumidores em planos de assistência médica manteve-se estável – cerca de cinco mil beneficiários a menos que o mês anterior. Já os planos exclusivamente odontológicos seguiram a tendência de crescimento, com 79,7 mil beneficiários a mais que no mês anterior.

A maior queda ocorreu nos planos empresariais, cujo número de usuários caiu de 32,711 milhões para 31,790 milhões, um recuo de 921 mil segurados, reflexo da crise econômica e do aumento das demissões. Os planos individuais perderam 270 mil usuários, caindo de 9,660 milhões para 9,390 milhões (ver tabela) .

 

 

Dezesseis Estados apresentaram aumento de beneficiários na comparação com novembro: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins. Em São Paulo, o número de usuários passou de 18,340 milhões para 17,710 milhões, uma queda de 630 mil usuários. No Rio, a queda foi de 5,866 milhões para 5,602 milhões, ou 264 mil usuários.

Beneficiários por UF

Já o número de usuários de planos odontológicos aumentou, refletindo ainda a pouca presença do benefício nas empresas, o que permitiu um crescimento mesmo na crise.

Beneficiários exc. odontológicos

O post Planos de saúde perderam 1,4 milhão de usuários em 2016; empresas cortam mais apareceu primeiro em Arena do Pavini.

Deixe um comentário