Kraft Heinz, de Lemann, faz oferta de US$ 143 bilhões pela Unilever

Google+ LinkedIn

A Kraft Heinz, comanda pelo brasileiro Jorge Paulo Lemann, fez uma oferta de US$ 143 bilhões pela concorrente Unilever, no que pode ser o maior negócio da história da indústria de alimentos e bebidas e bens de consumo. A união criaria uma gigante mundial de bens de consumo que iria de sabão em pó, sabonetes e pastas de dentes até catchup.

Segundo a Bloomberg, a Unilever anunciou hoje que recusou uma oferta de US$ 50 por ação, sendo dois terços em dinheiro e um terço em ações da Kraft Heinz, parceria entre Lemann e sua empresa 3G Capital e o bilionário Warren Buffett. Mesmo assim, as ações da empresa anglo-holandesa subiram 15% em Londres e 12% em Amsterdã.

Segundo a Bloomberg, a 3G estaria de olho em outra empresa de alimentos para comprar, como a Mondelez Internacional, a General Mills e a Kellogg Co.

O post Kraft Heinz, de Lemann, faz oferta de US$ 143 bilhões pela Unilever apareceu primeiro em Arena do Pavini.

A Arena do Pavini é um espaço voltado para fornecer informação de valor e promover o aprendizado e a discussão dos principais temas relacionados à vida do investidor. O blog de notícias é pilotado por Angelo Pavini, renomado jornalista econômico, com mais de 20 anos de experiência na cobertura do mercado financeiro e de assuntos ligados a finanças pessoais.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.