ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Previdência privada bate recorde de captação em 2016 e atrai mais 1 milhão de poupadores

LinkedIn

As aplicações em planos abertos de previdência bateram novo recorde em 2016, com R$ 114,72 bilhões no acumulado de janeiro a dezembro, representando crescimento de 19,93% em relação aos R$ 95,65 bilhões de 2015, de acordo com dados informados hoje pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi). A entidade representa 67 seguradoras e entidades abertas de previdência complementar.

De acordo com Edson Franco, presidente da FenaPrevi, não houve mudança no ritmo de expansão quando comparado ao crescimento de 2015, apesar do recorde no ano passado, que ocorre no momento em que o país está discutindo a reforma da Previdência Social. “Observamos que o   participante manteve a estratégia para garantir renda complementar na aposentadoria, e essa escolha pelos planos abertos de caráter previdenciário está relacionada ao entendimento de que essa é uma modalidade transparente e que atende ao planejamento financeiro do poupador”, afirma o executivo.

Mais 1 milhão de contribuintes

Atualmente, 81.492 mil pessoas já recebem benefícios dos planos abertos de caráter previdenciário (aposentadorias; pecúlios, por morte e por invalidez; e pensões, por morte e por invalidez). O sistema contabiliza 13.059.671 indivíduos com planos, ate 12.051.390 em dezembro de 2015, um crescimento de 1 milhão de pessoas, ou 8%. Desse total, 9.918.783 são participantes de planos individuais (já computados os planos para menores) e 3.140.888 de planos empresariais.

Captação líquida também é recorde

Já com relação à captação líquida dos planos (diferença entre captação e resgates), o setor registrou saldo positivo de R$ 60,83 bilhões em 2016, volume 24,14% superior aos R$ 49,00 bilhões registrados no ano anterior, também novo recorde.

Deixe um comentário