Trump pode aplicar sanções comerciais para impulsionar mercado interno

Google+ LinkedIn

Mercados Globais

Donald Trump planeja realizar uma cerimônia às 13:00, para iniciar uma investigação sob a Lei de Expansão Comercial. O presidente dos EUA pretende, com esta medida, aplicar sanções comerciais. Possivelmente, deve ser usado para diminuir o déficit comercial e reforçar seu lema: buy U.S. steel (compre o aço americano).

O secretário do tesouro americano, Steve Mnuchin, discursará às 14:15.

Quanto ao seguro-desemprego dos EUA, registrou um aumento de 10.000 pedidos iniciais. Uma alta de 234.000 para 244.000. Já o índice de atividade industrial do Fed Filadélfia caiu para 22 pontos. O índice se manteve em alta durante nove meses consecutivos, mas caiu nos últimos dois meses. As empresas pretendem crescer mas suas expectativas de crescimento e otimismo perderam sua intensidade. As expectativas para o emprego continuam positivas.

Bolsas europeias próximas da estabilidade. Londres com leve queda, com comprometimento da primeira ministra britânica de acabar com a livre transição de pessoas da União Europeia. Paris não cai, apesar da corrida presidencial.

O petróleo WTI tem leve alta, após uma queda de quase 4% no dia anterior. A queda, que veio em um momento onde os estoques de petróleo bruto nos EUA caíram (devendo pressionar os preços do petróleo para cima), ocorreu devido ao fato da produção americana atingiu o maior nível em 20 meses. Veja abaixo a produção de petróleo (em azul) e a contagem de plataformas petrolíferas (em verde):

A forte alta de hoje pela manhã veio do acordo preliminar da OPEP (+Rússia) de estender seus cortes na produção além do primeiro semestre. No entanto, a falta de confiança dos investidores na OPEP, tornou a alta insustentável, mantendo o WTI próximo da estabilidade.

O minério de ferro no porto de Qingdao subiu 1,16%, para US$ 65,36 a tonelada seca. A produção do minério de ferro da corporação chinesa Shougang, que opera no Peru como Shougang Hierro Perú, aumentou em 4.89% em fevereiro (comparação anual).

Brasil

Noticiário corporativo deve chamar a atenção, com o resultado da Usiminas (BOV:USIM5) e produção da Vale (BOV:VALE5). O cenário político também será o foco do dia, como vem sendo ultimamente.

O IPCA-15 registrou variação de 0,21% no mês de abril. Alimentação e bebidas teve 0,31% de variação e impacto de 0,08 ponto porcentual. Veja a tabela:

 

O índice caiu para 4,41% em relação aos últimos doze meses.

Economista pela FEA-USP, mestre pela EESP-FGV, CNPI, tem 30 anos de experiência no mercado financeiro, tendo passado por diversas instituições financeiras, tanto como gestor de investimentos como Economista e Analista. Hoje é economista e analista da NOVA FUTURA CTVM.
http://pepasilveira.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.