ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

JBS está na mira da CVM

LinkedIn

A CVM instaurou mais linhas de investigação contra o grupo J&F, controlador da JBS (BOV:JBSS3). São investigados indícios de uso de informação privilegiada em operações de contratos futuros de Dólar e com ações da companhia e atuação do Banco Original no mercado de derivativos. Em comunicado ao mercado, a JBS afirma que as operações cambiais realizadas nos últimos dias seguem alinhadas à sua política de gestão de riscos e proteção financeira.

Outras notícias importantes do dia:

• Relatório Focus do Banco Central: PIB deve registrar crescimento de 0,5% em 2017, com inflação de 3,92% ao final do ano.

• O grupo J&F, controlador do frigorífico JBS, não aceitou os termos do acordo de leniência proposto pelo Ministério Público Federal. O MPF queria o pagamento de multa de R$ 11,2 bilhões, no prazo de dez anos.

• Em comunicado ao mercado, a Vale reafirmou que o processo de escolha dos membros de sua diretoria executiva ocorreu sem qualquer interferência externa e foi conduzido em conformidade com as melhores práticas de mercado. O comunicado vem após gravações do senador Aécio Neves afirmar que poderia interferir no processo de escolha um dos executivos da companhia.

• A Braskem não conseguiu arquivar um relatório anual na bolsa de valores de Nova Iorque enquanto realiza procedimentos e análises adicionais dos seus processos e controles internos, contemplando todos os fatos que envolvem a companhia no âmbito da Operação Lava Jato.

• Mesmo após a crise política que se instaurou no Brasil, a agência de classificação de riscos Fitch decidiu manter a nota de crédito do Brasil em BB, com perspectiva negativa.

• O Itaú Unibanco desistiu de dar entrada na CVM para uma oferta pública de distribuição de ações da IRB Brasil Resseguros, avaliando a conjuntura desfavorável no mercado de capitais.

• A Cyrela firmou acordos com os condôminos do Condomínio Grand Parc Residencial Resort com o objetivo de reconstruir a área externa de lazer danificada e reforçar as estruturas para entregar o condomínio em plenas condições de habitabilidade e segurança. A companhia ainda acertou o pagamento de valores de indenização. Os gastos são estimados em aproximadamente R$ 130 milhões, a serem desembolsados ao longo dos próximos 2 anos.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 22-05-2017. Para receber esta newsletter gratuitamente todas as manhãs em seu email automaticamente, marque a opção “Boletim Noticiário Brasileiro” neste link: Relatórios Financeiros Gratuitos ADVFN

Deixe um comentário