INCC-M disparou em Junho de 2017

LinkedIn

O Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado registrou uma variação mensal de 1,36% em junho de 2017. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,13%. Em junho de 2016, a variação mensal foi de 0,19%. No ano, após seis meses, o indicador acumula um crescimento de 2,61%. A taxa de variação acumulada pelo INCC-M nos últimos doze meses foi de 5,12%.

O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,02%. No mês anterior, a taxa havia sido de -0,04%. O índice referente à Mão de Obra registrou variação de 2,48%. No mês anterior, a taxa de variação foi de 0,27%.

No grupo Materiais, Equipamentos e Serviços, o índice correspondente a Materiais e Equipamentos registrou variação de -0,08%. No mês anterior, a taxa havia sido de -0,04%. Dos quatro subgrupos componentes, dois apresentaram decréscimo em suas taxas de variação, destacando-se equipamentos para transporte de pessoas, cuja taxa passou de -0,24% para -1,24%.

A parcela relativa a Serviços passou de uma taxa de -0,05%, em maio, para 0,39%, em junho. Neste grupo, vale destacar a aceleração de taxas de serviços e licenciamentos, cuja taxa passou de 0,00% para 2,18%.

O índice referente à Mão de Obra registrou variação de 2,48% em junho, ante 0,27% no mês anterior. Esta variação ocorreu devido aos reajustes salariais de Salvador, Brasília, Porto Alegre e São Paulo.

Os preços utilizados para compor o indicador foram apurados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) entre os dias 21 de Maio e 20 de Junho de 2017 nas sete principais capitais estaduais do país. Clique aqui e confira todos os detalhes sobre o desempenho do INCC-M de Junho de 2017.

Deixe um comentário