IPC-10 registrou queda mensal de 0,17% em Julho de 2017

LinkedIn

O Índice de Preços ao Consumidor – 10 (IPC-10) registrou uma variação mensal de -0,17% em julho de 2017. A taxa de oscilação apurada no mês anterior tinha sido de 0,21%. Em julho de 2016, a variação mensal foi de 0,27%. No ano, após sete meses, o indicador acumula um crescimento de 2,08%. A taxa de variação acumulada pelo IPC-10 nos últimos doze meses foi de 3,28%.

Seis das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação, com destaque para o grupo Habitação (0,83% para -0,16%). Nesta classe de despesa, vale destacar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de 4,76% para -2,79%.

Também apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Transportes (-0,11% para -0,58%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,69% para 0,27%), Alimentação (-0,44% para -0,48%), Despesas Diversas (0,48% para 0,23%) e Vestuário (0,48% para 0,37%). Nestas classes de despesa, vale citar o comportamento dos itens: gasolina (-0,70% para -2,54%), medicamentos em geral (0,49% para -0,23%), laticínios (0,40% para -0,49%), tarifa postal (7,90% para 0,00%) e roupas femininas (0,52% para 0,04%), respectivamente.

Em contrapartida, apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Educação, Leitura e Recreação (0,20% para 0,31%) e Comunicação (0,01% para 0,05%). Nestas classes de despesa, vale citar o comportamento dos itens: show musical (0,27% para 1,11%) e pacotes de telefonia fixa e internet (-0,49% para 0,05%), respectivamente.

Clique aqui e confira todos os detalhes sobre o desempenho do IPC-10 de julho de 2017.

Deixe um comentário