Telefônica não é compradora óbvia da Sky Brasil

Google+ LinkedIn

Segundo a notícia, “caso o Cade não dê o aval para a fusão da AT&T com a Time Warner Brasil, são grandes as chances de a tele fazer uma oferta pela Sky Brasil”.

O Bradesco avalia que a Telefônica não é uma compradora óbvia da Sky Brasil, conforme ventilado pela coluna do Lauro Jardim, em O Globo.

O analista Fred Mendes ressalta que a negociação é improvável porque a TV paga “não faz parte do seu core business”.

O Money Times busca ser uma referência independente em informações de relevância para o mercado: investidores, analistas, gestores ou entusiastas do ambiente econômico brasileiro.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.