Com cautela no cenário político, Ibovespa permanece estável

LinkedIn

A Bolsa permaneceu estável, após ter começado a semana quebrando recordes. Os investidores estão evitando grandes apostas na expectativa pela decisão, que deve sair amanhã, do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer.

Histórico

O indicador terminou o pregão com 75.974,18 pontos, permanecendo estável com leve redução de 0,02%. A ação da Natura (NATU3) despencou 4,47%. Os papéis da Gerdau PN (GGBR4e da Cemig PN (CMIG4 caíram 2,94% e 3,29%, respectivamente. Por outro lado, a Suzano PNA (SUZB5)  cresceu 3,05% e a Brasken PNA (BRKM5também valorizaram 1,72%.

Em setembro, após 11 fechamentos, o indicador valorizou 7,25%. Já foram nove pregões positivos contra dois negativos. Em agosto, o índice fechou com 70.835,05 pontos.

Com relação a 2017, após 179 pregões, o ibovespa subiu 26,14%. Foram 91 fechamentos positivos contra 88 negativos.  Em 2016, o índice fechou com 60.227,29 pontos.

Influências

Mesmo que o noticiário político estivesse tranquilo hoje, o mercado começou a ficar ansioso pela decisão, que sairá amanhã, do STF sobre a segunda denúncia contra o presidente Temer.

No contexto externo, é possível que o banco central dos Estados Unidos opte pela manutenção dos juros, o que também fez com que os investidores evitassem grandes riscos hoje.

Deixe um comentário