Investidor poderá comprar apenas 5% da Eletrobras

LinkedIn

O ministro do Planejamento Dyogo Oliveira declarou que os investidores terão um teto de até 5% para comprar uma parte da Eletrobras (BOV:ELET6). “Essa modelagem será uma das mais inteligentes de privatização de todas as que o Brasil já fez”, declarou ao jornal o Estado de S. Paulo. O texto de participação ainda está sendo discutido e só será fechado quando a comitiva do governo voltar da viagem oficial à China.

O objetivo é garantir que a empresa não fique concentrada nas mãos de um único investidor. Essa regra valerá tanto para compradores nacionais, quanto internacionais. Até o momento, as discussões sobre o texto variam entre 2% e 5%.

O governo está trabalhando para solucionar as questões que envolvem a Eletrobras e o setor. O ministro acredita que a privatização irá valorizar a empresa e que o interesse pela compra será “estrondoso”. “A Eletrobras é uma empresa listada [na Bolsa de Valores], com tradição no mercado, que todo mundo conhece”, afirmou o Ministro

O modelo para a privatização será definido até o dia 20 de setembro e a Medida Provisória iniciando o processo irá para o Congresso Nacional  ainda este mês.

Deixe um comentário