Produtos alimentícios puxaram retração do INPC em Agosto de 2017

Google+ LinkedIn

Analisando toda a cesta de produtos pesquisada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para elaboração do INPC, os produtos alimentícios tiveram queda de 1,18% em agosto. Em julho o resultado havia sido de -0,45%. Já o grupo dos produtos não alimentícios fechou o oitavo mês do ano com variação de 0,48%, acima da taxa de 0,45% de julho.

Quanto aos índices regionais, as variações ficaram entre -0,35% registrado na região metropolitana de Belém e 0,35% na região metropolitana de Curitiba. Em Belém, o feijão-carioca apresentou queda de 21,46% e as carnes registraram redução de 3,37%. Em Curitiba, o aumento foi impulsionado pelos combustíveis (12,52%) com destaque para o preço da gasolina, em média, 13,15% mais cara e do etanol (9,30%). Além disso, as contas de energia elétrica subiram 3,80%.

Para cálculo do índice do mês foram comparados os preços coletados no período de 01 de agosto a 29 de agosto (referência) com os preços vigentes no período de 29 de junho a 31 de julho de 2017 (base).

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC apresentou variação de -0,03% em agosto, ficando abaixo da taxa de 0,17% de julho. No ano, o acumulado foi de 1,27% bem abaixo dos 6,09% registrados em igual período do ano passado. Considerando-se os últimos doze meses, o índice desceu para 1,73%, ficando abaixo dos 2,08% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Clique aqui e saiba mais detalhes sobre o INPC de agosto de 2017.

Variação mensal dos principais grupos de produtos e serviços que compõem a pesquisa de preços do INPC

Confira abaixo a variação mensal, a variação acumulada anual e a variação acumulada nos últimos doze meses dos preços médios dos principais grupos de produtos e serviços aferidos pela pesquisa do IBGE para o cálculo do INPC de agosto de 2017.

Mês (%) Ano (%) 12 Meses (%)
Alimentação e Bebidas -1,18 -1,92 -2,48
Artigos de Residência 0,09 -1,05 -1,44
Comunicação -0,68 0,41 0,92
Despesas Pessoais 0,25 2,05 3,48
Educação 0,34 6,56 7,16
Habitação 0,38 3,75 4,56
Saúde e Cuidados Pessoais 0,10 3,68 5,17
Transportes 1,42 3,25 4,24
Vestuário 0,28 0,71 2,26
Total -0,03 1,27 1,73

JL Torres é Sócio-Diretor da ADVFN Brasil. Além de ser um dos principais colaboradores do Jornal ADVFN, também é responsável pelas newsletters Mercado Diário e Semanário Bovespa

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.