ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Em 2017, balança comercial brasileira registrou o maior superávit para meses de Setembro de sua história

LinkedIn

A balança comercial brasileira fechou o nono mês de 2017 com um saldo positivo de US$ 5,178 bilhões – com todas as cinco semanas do mês apresentando superávit comercial. Esse foi o melhor resultado da balança comercial para meses de setembro desde o início da série histórica do indicador. Setembro de 2017 contou com vinte dias úteis.

Até então, o maior superávit comercial para meses de setembro tinha sido registrado em 2006, quando a diferença entre exportações e importações no mês tinha sido de US$ 4,468 bilhões.

Já o pior saldo comercial da história da balança comercial brasileira para meses de setembro desde 1998 foi aferido neste mesmo ano, quando o país registrou um deficit de US$ 1,203 bilhão.

Clique aqui para saber mais detalhes sobre o desempenho da balança comercial brasileira em Setembro de 2017.

Apesar do bom saldo comercial registrado no último mês, em termos de conta corrente (soma do valor total das exportações e das importações no período) foi apenas o sétimo melhor resultado para meses de setembro da história: US$ 32,154 bilhões. O melhor foi registrado em 2011 (US$ 43,496 bilhões), enquanto que o pior foi aferido em 1999 (US$ 8,431 bilhões).

É sempre importante que o Brasil obtenha saldo comercial positivo em determinado mês, pois isso ajuda a gerar um fluxo de câmbio positivo para dentro do país no período, essencial para o pagamento de dívidas e aporte financeiro em investimentos. Porém, a obtenção de um valor cada vez maior de conta corrente também é essencial para a nossa economia, pois isso é um dos indicadores utilizados para avaliação do grau de atividade econômica do país.

Confira abaixo os valores das exportações, importações, saldos comerciais e contas corrente dos últimos vinte anos da balança comercial brasileira para meses de setembro:

ANO EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO SALDO CORRENTE
1998 4.538.094.015 5.741.168.184 -1.203.074.169 10.279.262.199
1999 4.187.087.694 4.243.634.595 -56.546.901 8.430.722.289
2000 4.727.432.602 5.054.179.504 -326.746.902 9.781.612.106
2001 4.759.850.802 4.159.854.994 599.995.808 8.919.705.796
2002 6.497.975.108 4.002.250.105 2.495.725.003 10.500.225.213
2003 7.291.199.616 4.624.716.527 2.666.483.089 11.915.916.143
2004 8.939.578.126 5.753.223.765 3.186.354.361 14.692.801.891
2005 10.654.222.622 6.314.921.976 4.339.300.646 16.969.144.598
2006 12.576.856.844 8.108.928.969 4.467.927.875 20.685.785.813
2007 14.165.675.118 10.690.974.289 3.474.700.829 24.856.649.407
2008 20.017.207.512 17.259.382.504 2.757.825.008 37.276.590.016
2009 13.863.221.927 12.554.379.998 1.308.841.929 26.417.601.925
2010 18.832.790.420 17.761.624.377 1.071.166.043 36.594.414.797
2011 23.285.058.030 20.210.806.623 3.074.251.407 43.495.864.653
2012 19.998.382.904 17.445.239.914 2.553.142.990 37.443.622.818
2013 20.850.461.196 18.868.779.861 1.981.681.335 39.719.241.057
2014 19.616.604.854 20.562.627.077 -946.022.223 40.179.231.931
2015 16.148.183.035 13.202.278.142 2.945.904.893 29.350.461.177
2016 15.800.119.615 11.987.439.087 3.812.680.528 27.787.558.702
2017 18.665.812.316 13.487.858.599 5.177.953.717 32.153.670.915

 

Deixe um comentário