Eztec anuncia prévia dos resultados operacionais

LinkedIn

A Eztec (BOV:EZTC3) anunciou a prévia dos resultados operacionais do terceiro trimestre de 2017. Os resultados apresentados são gerenciais e estão sujeitos à revisão da auditoria externa.

No dia 21 de setembro de 2017, a EZTEC e a Brookfield anunciaram o compromisso de alienação e aquisição da Torre B do projeto EZ Towers, pelo valor de R$650 milhões. Junto à venda da Torre A, em 2013, trata-se da maior operação da história da companhia. O pagamento do preço ajustado, nas bases do contrato, ocorreu em 27 de setembro, portanto representando geração de caixa ainda no 3T17. A Torre B do EZ Towers teve seu Habite-se definitivo obtido no mês de outubro de 2017, contando com 26 pavimentos de lajes corporativas, para uma área BOMA total de 47.000m2. Desde então, concomitantemente às negociações de venda, iniciadas em 2016, a EZTEC aprofundou esforços pela locação da torre, alcançando 68,5% de área locada, embora sem efeito caixa anterior à venda.

No terceiro trimestre a EZTEC realizou o seu segundo lançamento do ano, o In Design Liberdade: empreendimento residencial voltado para o segmento de média-alta renda, localizado na Liberdade, Zona Sul de São Paulo, com 114 unidades e VGV de R$67,8 milhões.

In Design Liberdade foi lançado em agosto e já demonstra velocidade de venda adequada, estando 32% vendido ao fim do trimestre.

Além dos empreendimentos lançados no terceiro trimestre de 2017, a EZTEC adquiriu, via aumento de participação societária, o adicional de 13,75% no empreendimento Jardins do Brasil, em Osasco – composto de 4 fases residenciais (três das quais já entregues) e uma fase comercial já entregue, além de uma fase residencial a ser lançada no futuro – perfazendo uma participação total de 41,25%. Adquiriu também 15% de participação no Ares da Praça (dos projetos Parque e Bosque Ventura), em Guarulhos, chegando ao total de 85%. Com essa última aquisição, a EZTEC também passa a deter controle sobre os projetos, de tal maneira que o Ares da Praça adquire status de consolidado – seu resultado, portanto, deixará de transitar na linha de equivalência patrimonial.

“Considerando a adição de receita a ser reconhecida, de recebíveis provenientes das unidades já comercializadas, assim como o valor das unidades ainda a comercializar, o impacto agregado dessas aquisições contribui com R$ 75 milhões aos lançamentos do trimestre. Por fim, considerando os R$650 milhões referentes a Torre B do empreendimento EZ Towers, a Companhia lançou R$ 793 milhões no terceiro trimestre de 2017”, destacou a empresa.

Mesmo desconsiderando a venda da Torre B do EZ Towers, a EZTEC apresentou no terceiro trimestre de 2017 a aceleração em vendas líquidas, atingindo a melhor marca em sete trimestres, finalizando com R$ 65 milhões (ou R$ 715 milhões incluindo a Torre B).

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.