IPCA-15 vai a 0,34% em outubro

LinkedIn

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) foi para 0,34% em outubro, acumulando 2,25% até então no ano, o menor valor desde 2006, quando equivaleu a 2,22%. Nos últimos doze meses, o índice ficou em 2,71%, acima dos 2,56% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Os combustíveis foram o que mais influenciaram o índice, com altas de 5,36% nos domésticos e 1,29% nos de veículos. O gás de botijão subiu 5,72%, por causa dos três reajustes feitos pela Petrobras entre setembro e outubro.

Confira o desempenho dos grupos comparado ao mês anteiror:

Grupo Variação (%) Impacto (p.p.)
Setembro Outubro Setembro Outubro
Índice Geral 0,11 0,34 0,11 0,34
Alimentação e Bebidas -0,94 -0,15 -0,23 -0,04
Habitação 0,26 0,66 0,04 0,10
Artigos de Residência 0,04 -0,13 0,00 -0,01
Vestuário 0,31 0,48 0,02 0,03
Transportes 1,25 0,60 0,22 0,11
Saúde e Cuidados Pessoais 0,10 0,54 0,01 0,07
Despesas Pessoais 0,45 0,50 0,05 0,06
Educação 0,09 0,01 0,01 0,00
Comunicação -0,18 0,48 -0,01 0,02

O grupo de Transportes desacelerou por causa da variação da gasolina, que passou de 3,76% para 1,45%, e das passagens aéreas, que caiu de 21,30% para 7,35%. Ao mesmo tempo, o crescimento da Comunicação foi motivado pelo reajuste no item telefone celular (1,30%).

Com relação aos índices regionais, a maior alta foi em Curitiba, que foi para 0,66% por causa do crescimento de 2,67% no item de alimentação fora de casa, enquanto a média nacional foi de 0,18%. Já a queda mais intensa ficou no Rio de Janeiro, com 0,08% negativos, onde as maiores reduções foram em ônibus urbano (-3,23%) e alimentação fora de casa (-1,31%).

Região Peso Regional(%) Variação Mensal (%) Variação acumulada (%)
Setembro Outubro Ano 12 meses
Curitiba 7,79 0,12 0,66 2,90 3,24
Salvador 7,35 -0,19 0,64 2,47 2,76
Goiânia 4,44 -0,29 0,62 1,30 1,04
Fortaleza 3,49 -0,24 0,55 2,21 2,80
São Paulo 31,68 0,11 0,45 2,51 3,12
Belo Horizonte 11,23 0,15 0,25 1,73 2,06
Belém 4,65 0,08 0,23 1,31 1,50
Brasília 3,46 0,69 0,22 2,61 3,88
Porto Alegre 8,40 0,22 0,19 1,62 2,06
Recife 5,05 -0,09 -0,07 2,76 3,78
Rio de Janeiro 12,46 0,30 -0,08 2,25 2,50
Brasil 100,00 0,11 0,34 2,25 2,71

 

 

Deixe um comentário