Notícias do Mercado - 26/10/2017

LinkedIn

Aqui no Brasil o dia é de muitas novidades. Na Câmara tivemos a aguardada votação da denúncia contra o Temer, resultando favoravelmente ao presidente, conforme o esperado. Tivemos uma adesão reduzida dos parlamentares do PSDB, o que sinaliza um enfraquecimento do poder político de Aécio Neves, que vinha orquestrando a aliança. Em contrapartida, Rodrigo Maia sai fortalecido, e coloca inclusive uma pauta própria na casa, com projetos em segurança pública e na regulamentação da indústria de petróleo, itens bastante relevantes no seu reduto eleitoral, o Rio de Janeiro.

Na economia, o Banco Central cumpriu a promessa e cortou a taxa de juros em 75 basis, sem assustar o mercado de juros. Espera-se agora que a casa siga finalizando este ciclo de cortes e coloque mais 50 basis de corte na próxima reunião e feche o ano com a Selic em 7%.

Lá fora temos, na Europa, a divulgação da política monetária. A expectativa é de manutenção da taxa básica. O mercado espera, no entanto, que Draghi já se pronuncie sobre uma redução no programa de alívio monetário a partir do ano que vem, em linha com os principais bancos centrais mundiais. Tivemos resultados de grandes bancos europeus divulgados hoje, com desempenho misto. Bolsas na Europa negociam em alta, mercados em Nova York seguem de lado. O contrato Brent do petróleo mantém a alta, negociando acima dos 58 dólares o barril.

DESTAQUES CORPORATIVOS

  • Vale: Real teve impacto não-caixa de R$ 2,9 bi no lucro, diz Siani
  • Santander Brasil: Lucro societário 3T frustra menor est.
  • Ambev: Vendas líquidas 3T fica 1,4% abaixo da est.
  • Restoque diz que considera oferta pública primária de ações e emite debêntures
  • IMC: Lucro líquido 3T R$ 21,8 mi
  • Via Varejo: Receita 3T supera maior est.
    • Via Varejo elevada a ’outperform’ por Credit Suisse
  • Marisa: Ebitda 3T fica 4,2% abaixo da est.
  • Venda da Eletrobras deve render R$ 15 bi à União: DCI
  • Locamérica: Receita líquida 3T R$ 305,0 mi
  • Conselho da Anatel discute nesta 5ª relatório econômico da Oi
  • JBS: Justiça homologa acordo e operações são retomadas no MS
  • Petrobras aprova adesão a regularizaçao débitos não-tributários
  • MRV prorroga vencimento debêntures LOG Commercial para 18/Jan
  • Itaú, BB, Bradesco reduzem juros de linhas de crédito após Copom
  • Caixa exclui Bradesco do leilão de seguros por conflito de interesse: Estado
  • Duratex conclui compra da Ceusa por R$ 280 mi
  • Odontoprev: Lucro líquido 3T supera maior est. Renner rebaixada a ’neutra’ por Credit Suisse
  • Light: Venda total de energia 3T cai 6% a/a para 970,3 GWh
  • Dommo Energia: Debenturistas aprovam converter debêntures em ações

Deixe um comentário