Retorno da liquidez e discurso importante de membro do FOMC

LinkedIn

Mercados Globais

Bancos retornam às negociações e devemos observar a retomada da liquidez não só nos mercados americanos, mas nos mercados globais em geral. Nos EUA, índices futuros sinalizam leve alta e aguardam cautelosamente o discurso de Neel Kashkari, membro do FOMC. Este dirigente diverge de outros membros nas decisões de política monetária há algum tempo, e deve novamente sinalizar uma abordagem contrária a aquela contracionista — de alta na taxa básica ainda neste ano. Agenda econômica e resultados corporativos do dia não são tão relevantes, por isso o foco deve recair sob o discurso citado.

Atenção também ao mercado de câmbio, com o dólar enfraquecido:

 

Na Europa, o euro se aprecia em relação ao dólar e a maioria dos mercados europeus caem em meio a tensão entre Espanha e Catalunha. Atenção ao discurso do presidente regional da Catalunha às 13:00, que pode ser decisivo neste conflito. A chanceler alemã — Angela Merkel — e o presidente francês — Emmanuel Macron — também se encontraram no dia.

Brasil

Mercados emergentes, incluindo o Brasil, devem se beneficiar do retorno da liquidez. O índice abriu em alta, com destaque para diversos setores como o bancário e de energia. O otimismo parece (ao menos na abertura) ter ofuscado a queda de commodities como o minério de ferro, que caiu devido às preocupações com a queda da demanda chinesa. Já o petróleo tem um movimento positivo; o preço do WTI retornou aos US$ 50,00 e a Petrobrás tem um movimento similar aos preços da commodity.

 

A política deve ser observada no mercado local, com a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. No entanto, este evento importante pode ter o impacto reduzido, já que semana será mais curto em função do feriado.

 

 

Deixe um comentário