2018: Barbosa e Huck empatam na vice-liderança entre os não-políticos

LinkedIn

Enquanto o juiz Sergio Moro segue isolado como o preferido do eleitorado dentre os nomes fora da política, caso fosse candidato nas eleições de 2018, na sequência há um empate técnico entre o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa e o apresentador de TV Luciano Huck. Este é o resultado de levantamento do instituto Paraná Pesquisas.

De acordo com a pesquisa on-line, que ouviu 2.120 pessoas em 145 municípios dos 26 estados mais Distrito Federal, entre os dias 15 e 19 de novembro, Moro aparece com 35,5%, Joaquim Barbosa tem 11,1% e Luciano Huck, 10,8%. A margem de erro é de, aproximadamente, 2%.

Também incluídos nas opções de resposta da pergunta estimulada “Qual dessas pessoas, de fora da política, teria mais chance de ganhar o seu voto em 2018?”, o procurador da República Deltan Dallagnol e o jurista Modesto Carvalhosa foram lembrados por 6% e 2,1%, respectivamente. A alternativa “nenhum” e “não sabe” ficaram com 29,7% e 4,6%, respectivamente.

Na análise de perfil dos consultados, chama atenção que o apoio a Luciano Huck é maior entre as mulheres (14,5% do total de respostas femininas) do que entre os homens (6,8% do total de respostas masculinas).

Em entrevista ao Money Times, na sexta-feira (17), o presidente do PPS, Roberto Freire, declarou que o partido se organiza para reunir lideranças em busca de um candidato unificador de centro contra as candidaturas do lulopetismo e de Jair Bolsonaro. “Luciano Huck é uma das possibilidades. Mas não tem nada definido, inclusive, se vamos ter uma candidatura.”

Nessa estratégia, Freire está “esperançoso” em firmar uma aliança com o movimento Agora!, grupo que reúne empresários e ativistas interessados em mobilizar políticas públicas sob um projeto de Brasil, e tem Huck entre os seus membros.

Fonte: Money Times

Deixe um comentário