Credit Suisse deve concluir reestrutura em 2018 e aumentar retorno aos acionistas

LinkedIn

Credit Suisse anunciou que pretende finalizar a sua reestruturação em 2018. A mudança deve ajudar o banco a atingiu um retorno sobre capital tangível (rote, em inglês) de 10% a 11% em 2019 e de 11% a 12% em 2020.

Segundo as projeções divulgadas, o Credit Suisse terá um lucro antes de impostos de US$ 710,9 milhões, atingindo a meta de 2018, na divisão de gestão de ativos da Ásia e do Pacífico. Assim, o banco revisou a meta de 2019 para US$ 864,36 milhões.

Além disso, a instituição informou que pretende ampliar o retorno aos acionistas, através da distribuição de 50% do lucro líquido obtido por meio de recompras de ações e dividendos.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.