Bom dia, Investidor! 04 de dezembro de 2017

Google+ LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

A semana começa com notícias favoráveis ao governo em relação à reforma da Previdência, o que deve desfazer a postura defensiva dos investidores. Após intensas negociações com a base aliada, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, manteve viva as chances de votar a matéria na Casa ainda em dezembro, o que pode recuperar alguma esperança dos mercados domésticos quanto a um desfecho positivo antes do fim do ano.

O presidente Michel Temer reuniu-se com ministros, deputados e presidentes de partidos no domingo, durante um almoço no Palácio da Alvorada e depois em um jantar oferecido por Maia, e recebeu dos aliados a promessa de que vão trabalhar junto às bancadas para garantir o apoio ao governo na votação do projeto. Mais um jantar deve ser marcado nos próximos dias para discutir a aprovação da reforma.

No sábado, Temer se encontrou com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, com quem discutiu o desembarque do PSDB do governo. A negociação é para uma saída menos traumática possível, de modo que os tucanos votem a favor das novas regras para a aposentadoria. O governo precisa de 308 deputados e só levará a matéria ao plenário da Câmara se tiver certeza de vitória.

Recomendação 

Aliansce (ALSC3) / BTG Pactual – O BTG Pactual elevou a recomendação de neutra, para compra e estabeleceu um novo preço-alvo de R$ 20 para os ativos da Aliansce. De acordo com os analistas, o desempenho fraco aumentou o potencial de ganhos no papel.

Vulcabras (VULC3) / BTG Pactual – O Banco iniciou a cobertura dos ativos da Vulcabras com recomendação de compra e um preço-alvo de R$ 14. Em relatório, o BTG Pactual acredita que a empresa oferece uma margem de aumento de 60% e após a estratégia de reposicionamento e o corte de custos, a Vulcabra obteve uma reação positiva após meses.

Empresas

Banco Pine (PINE4) / Leilão – O Banco Pine anunciou na sexta-feira, 1, que para buscar o reenquadramento do free-float, o banco oferecerá lote um lote mínimo de 2,610 milhões de ações e máximo de 6,302 milhões de ações preferenciais em seu leilão.

Petrobras (PETR4) / IPO BR Distribuidora – O IPO da BR Distribuidora entrou na mira dos pequenos investidores. A expectativa é que os papéis da maior subsidiária da Petrobras comecem a ser negociados em Bolsa a partir do dia 15, em operação que pode chegar a R$ 7,5 bilhões.

Eletrobrás (ELET6) / Acordo – A Eletrobrás esclareceu nesta sexta-feira que a notícia sobre o suposto acordo bilionário que teria feito com uma joint venture internacional denominada AAE Management LLC, não é verdadeiro.

Cemig (CMIG4) / Resultados – A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) divulgou nesta sexta-feira, 1, o resultado do período de exercício do direito de preferência para subscrição de ações na operação de aumento de capital da companhia, que se encerrou na última quarta-feira (29). Nesta primeira fase, a Cemig captou R$ 1,1 bilhão. Segundo a estatal mineira, foram adquiridas pelos acionistas 50.106.730 ações ON, que representam 74,95% da proposta de emissão, e 118.949.754 ações PN, ou 89,39% da proposta inicial.

AMBEV (ABEV3) / Participações – A Ambev informou que irá pagar USD927 milhões a E.Leon Jimenez por 30% da Cervecería Nacional Dominicana. Após a transação a Ambev passara a deter 85% da companhia e ainda terá a opção de compra da fatia restante a partir de 2022.

Bradespar (BRAP4) / Leilão – A Bradespar informa que participou do leilão da oferta pública para aquisição de ações (OPA) da CPFL, realizado na quinta-feira, 30, pela State Grid, nova controladora da elétrica. No boletim, a Bradespar não informa quantas ações foram vendidas no leilão. O documento mostra a posição da companhia antes da operação, com 53.646.240 ações ON da CPFL, correspondentes a 5,25% do capital social.

Suzano (SUZB3) / Aquisição – A Suzano Papel e Celulose comprou 92,84% do capital total da produtora de papel Facepa. O valor da aquisição foi de R$ 310 milhões.

Brasil e Mundo

PIB / Boletim Focus – O mercado financeiro elevou a projeção par ao PIB em 2017 e 2018, mostra o relatório Focus divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (4). Segundo o documento, a expectativa de crescimento para este ano passou de 0,73% para 0,89% e, para o próximo, de 2,58% para 2,6%.

CVS / Aquisição – A CVS Health, maior rede de farmácias dos EUA, fechou acordo para a compra da seguradora de saúde Aetna por cerca de US$ 68 bilhões. O negócio cria um novo gigante na indústria de medicamentos sob prescrição e pode desencadear um processo de consolidação no setor. No Brasil, a CVS é dona da rede de farmácias Onofre.

Petrobras / Calculo de Paridade –  Na sexta-feira (1º), após o fechamento dos mercados, a Petrobras informou ao mercado que efetuou a revisão do cálculo da paridade internacional do diesel. O objetivo é adequar os preços às mudanças de fluxo logístico e entrada de produtos importados no país.

Estados Unidos / Míssil – Os Estados Unidos e Coreia do Sul iniciaram nesta segunda-feira (4) um grande exercício aéreo conjunto poucos dias depois do lançamento de um míssil intercontinental norte-coreano. A operação foi considerada por Pyongyang de “provocação total”. O exercício de cinco dias, batizado de Vigilant Ace, envolve mais de 230 aviões, incluindo caças F-22 Raptor, e mobiliza dezenas de milhares de soldados.

Boletim Focus / Inflação – Para a inflação de 2017, a previsão do mercado baixou para 3,03%. No relatório anterior, produzido após pesquisa realizada na semana retrasada, a previsão para a inflação neste ano estava em 3,06%.

Agenda Economica

BRASIL
* A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulga pela manhã o Indice de Preços ao Consumidor do município de São Paulo (IPC-SP) referente a novembro.

* A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados regionais do Indice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) referentes a novembro.

* O Banco Central (BC) divulga às 8h30 o Relatório Focus com as previsões do mercado para a economia.

* A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga, às 14h30, relatório de indicadores industriais referentes a outubro.

ESTADOS UNIDOS
* As encomendas às fábricas de outubro serão publicadas às 13h pelo Departamento do Comércio. Em setembro, as encomendas cresceram 1,4% ante agosto.
EUROPA E ÁSIA
* Europa: o Eurogrupo (que reúne os ministros de Finanças da zona do euro) se reúne em Bruxelas. Entre os assuntos que serão tratados, estão a situação da Grécia e a eleição do próximo presidente do Eurogrupo.

* Eurozona: o índice Sentix de confiança do investidor de dezembro será publicado às 7h30. Em novembro, o índice subiu a 34 pontos, de 29,7 pontos em outubro.

* Eurozona: o índice de preços ao produtor de outubro será publicado às 8h pela agência de estatísticas Eurostat. Em setembro, o índice subiu 0,6% ante agosto.

* Japão: o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços em novembro será divulgado às 22h30 pelo instituto de pesquisas IHS Markit. Em outubro, o índice subiu de 51 para 53,4 pontos.

* China: o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços de novembro será divulgado às 23h45 pelo instituto de pesquisas IHS Markit. Em outubro, o índice subiu de 50,6 para 51,2 pontos.

 

Bruna Rodrigues é estudante de jornalismo pela universidade FIAM-FAAM. Repórter da ADVFN e responsável pela Bússola de Investimentos, Destaques do Dia, Criptomoedas e Boletim Focus. Contato: brunar@advfn.com.br

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.