Boa noite, Investidor! 22 de janeiro de 2018

LinkedIn

Confira o que aconteceu depois da abertura do mercado hoje.

Para mais informações sobre o que foi notícia antes da abertura da Bolsa, confira o nosso Bom dia, Investidor!

Destaques Corporativos 

Eletrobras (ELET3) (ELET6) – Na última sexta-feira (19), o presidente Michel Temerassinou o projeto de lei que trata do processo de privatização da Eletrobras. A proposta trouxe poucas alterações em relação ao texto apresentado em novembro do ano passado. Assim, após o pregão hoje, as ações ELET6 e da ELET3 valorizaram 4,2% e 7,3%, respectivamente.

Cemig (CMIG4)/Light (LIGT3) – Cemig e sua controladora Light foram multadas em R$ 795,8 mil pelo descumprimento do cronograma de obras da hidrelétrica de Itaocara.

Embraer (EMBR3) – A Embraer reiterou que não há garantia de negociações com a Boeing. As duas empresas estão negociando um projeto conjunto desde o dia 21 de dezembro, mas a companhia brasileira reafirmou que ainda não há nada definido, ao contrário do que o noticiário está comentando.

Grupo J&F – Fontes da Ministério Público afirmam que o Grupo J&F estaria renegociando os termos de leniência, para que os irmão Joesley e Wesley Batista possam confessar o crime de uso de informação privilegiada para obterem benefícios no mercado financeiro. O antigo acordo foi suspenso quando o ex-procurador geral da República Rodrigo Janot acusou os irmãos batistas de terem omitido informações.

Petrobras (PETR3) (PETR4) – Em comunicado divulgado à imprensa, a agência classificadora de risco Fitch anunciou que manterá o rating da Petrobras em BB, mas com uma perspectiva negativa. Isso é um reflexo dos incentivos do governo à empresa, por causa da sua posição estratégia e de liderança no setor de energia.

Itaú (ITUB4) – Itaú anunciou que irá pagar os dividendos mensais de fevereiro no dia 01 de março, no valor de R$ 0,015 por ação, sem retenção de imposto de renda na fonte. O pagamento será feito com base na posição acionária do dia 31 de janeiro e serve como antecipação do que será distribuído pelo Balanço Patrimonial anual.

Copel (CPLE3) – Copel anunciou que concluiu a emissão de R$ 600 milhões em debêntures de três anos. Os títulos terão remuneração de 119% do CDI.

Oi (OIBR3) (OIBR4) – Société Mondiale reduziu a sua participação no capital da Oi de 5,28% para 3,67%. O fundo é contra o Plano de Recuperação Judicial da empresa.

Recomendações

Guide Investimentos – A carteira semanal da Guide contra com Fibria (FIBR3), Ambev (ABEV3), BC Office Fund (BRCR11), Braskem (BRKM5e Ecorodovias (ECOR3).

Magliano – Para esta semana, a Magliano indicou Klabin (KLBN11), Kroton (KROT3), Ecorodovias (ECOR3), Energias do Brasil (ENBR3) e Santander (SANB11).

Spinelli – Na sua carteira recomendada há os seguintes ativos: Linx (LINX3), Iochpe-Maxion(MYPK3), Fleury (FLRY3), Cosan Log (RLOG3) e Banrisul (BRSR6).

Socopa – Mantendo a mesma composição que a semana passada, a carteira da Socopa conta com  BRF (BRFS3), Petrobras (PETR4), Itaú Unibanco (ITUB4), Cielo (CIEL3), Santander (SANB11), Guararapes (GUAR3), Ecorodovias (ECOR3), Sabesp (SBSP3), Pão de Açúcar (PCAR4Raia Drogasil (RADL3).

Notícias

Bolsa de Valores – Ibovespa voltou a renovar o patamar histórico, fechando com 81.675,42 pontos.

Reforma da Previdência – O ministro Carlos Marun afirmou que não há a possibilidade de um novo adiamento da votação da Reforma da Previdência. Essa semana, Marun havia afirmado que a aprovação da medida era vista “sem nenhum tipo de otimismo”, mas evitou comentar a contagem de votos do governo.

RenovaBio – O programa de incentivos ao setor de açúcar e álcool, RenovaBio, deve ser colocado em prática a partir de 2020, de acordo com as expectativas da União da Indústria da Cana-de-açúcar (Unica). As usinas serão remuneradas pelo ganho de produtividade e pela inovação nas plantações e indústrias.

Balança Comerical – Em janeiro, após 14 dias úteis, as exportações somaram US$ 10,840 bilhões e as importações totalizaram US$ 9,003 bilhões. O saldo do mês é de US$ 1,837 bilhões.

FMI – Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou a sua previsão sobre o PIB para 1,9% em 2018 e 2,1% em 2019.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.