ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Carrefour anuncia plano de reorganização e pretende fechar 273 lojas

LinkedIn

Na manhã desta terça (23), a rede varejista francesa Carrefour (BOV:CRFB) anunciou um plano de reorganização abrangente, que inclui redução de postos de trabalho, fechamento de lojas e investimentos no e-commerce. O plano estratégico ficará em vigor até 2022 e envolverá programas para desligamento voluntário de até 2.400 funcionários da sede, na região de Ile-de-France.

O novo presidente-executivo do grupo, Alexandre Bompard, garantiu que como parte do plano de reorganização, a rede pretende reduzir custos, aumentar o investimento no comércio digital — com a proposta de enfrentar concorrentes como a Amazon — e abrir o capital do Carrefour China.

No Brasil, o grupo varejista pretende expandir o formato de atacarejo, com a inauguração de até 20 lojas da rede Atacadão por ano.

O plano para impulsionar o crescimento da rede no e-commerce, prevê um investimento de 2,8 bilhões de euros na área digital ao longo dos próximos cinco anos; o investimento é seis vezes maior do que o atual.

“Devemos renovar o nosso modelo, simplificando a nossa organização, abrindo-nos a parcerias, melhorando a nossa eficiência operacional”, disse Bompard em comunicado.

Após anunciar as medidas do plano estratégico, as ações do Carrefour explodiram na Bolsa de Paris e iniciaram o dia com uma valorização de 2,9%.

Mudanças

Após a entrada do grupo Bompard no comando do Carrefour, a rede varejista tem vivido uma série de mudanças. Em setembro de 2017, houve uma reestruturação na organização de comando, com novos executivos sendo anunciados como responsáveis por diferentes zonas geográficas — movimento que colocou Noël Prioux no comando do Brasil no lugar de Charles Desmartis.

Além disso, o grupo tem reforçado a sua atuação no e-commerce: no começo deste mês, o Carrefour anunciou a compra de 17% da empresa Showroomprive. 

Deixe um comentário