Percentual de famílias endividadas recua de dezembro para janeiro

LinkedIn

De acordo com os dados da Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor publicados nesta segunda-feira (30) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o percentual de famílias endividadas no Brasil recuou de 62,2% em dezembro de 2017 para 61,3% em janeiro deste ano. Já as famílias inadimplentes – que têm dívidas ou contas em atraso – , caiu de 25,7% em dezembro para 25% em janeiro.

Mesmo com a perda entre dezembro e janeiro, as parcelas de endividados e de inadimplentes continuam acima dos patamares registrados em janeiro de 2017, quando foram registrados os percentuais de 58,7% (endividados) e de 23,9% (inadimplentes).

O número de famílias inadimplentes que não terão condições de quitar suas dívidas ficou em 9,5% em janeiro deste ano, abaixo dos 9,7% de dezembro e dos 10,2% de janeiro de 2017.

O percentual de famílias que se consideram muito endividadas recuou de 14,4% em janeiro do ano passado para 14,1% em dezembro e para 13,6% em janeiro deste ano.

O tempo com pagamento em atraso chega a 65 dias e o tempo de comprometimento com dívidas chega a sete meses.

Deixe um comentário