Boa noite, Investidor! 19 de fevereiro de 2018

LinkedIn

Confira o que aconteceu depois da abertura do mercado hoje.

Para mais informações sobre o que foi notícia antes da abertura da Bolsa, confira o nosso Bom dia, Investidor!

Destaques Corporativos

Eletrobras (ELET3) (ELET6) – O governo federal pretende investir em propagandas para explicar a privatização da Eletrobras. O objetivo é ganhar o apoio da população para mobilizar parlamentares que estiverem contra a medida.

Fibria (FIBR3)/Suzano (SUZB3) – Os acionistas da Fibria foram questionados por representantes da Suzano Papel e Celulose “para debater alternativas estratégicas”, anunciou a companhia. A Suzano confirmou a ação, mas que foram  discussões “muito preliminares” sobre “possível negócio envolvendo as empresas, sem nenhum formato ou estrutura definida”.

Itaú (ITUB4)/XP Investimentos – Depois de vender quase metade de suas ações para o Itaú por R$ 6,2 bilhões no ano passado, a corretora XP Investimentos quer se tornar uma das líderes do mercado de investimentos no Brasil, desafiando até mesmo sua controladora. O objetivo é  crescer 700% em apenas três anos e passar de R$ 126 bilhões sob custódia para a marca de R$ 1 trilhão.

Bradesco (BBDC3) (BBDC4) – O banco digital do Bradesco, Next, lançou uma versão gratuita, chamada “Next na Faixa”, com um plano que inclui a própria conta, um cartão de crédito internacional, da bandeira Visa, e descontos junto a uma rede de parceiros. O objetivo é fortalecer o seu posicionamento nesse mercado, que vem sendo ocupado por empresas como Nubank.

Recomendações

Terra Investimentos – Terra Investimentos divulgou um relatório anunciando a substituição da Unipar (UBIP6)pela Klabin (KLBN11) na sua carteira recomendada de fevereiro.

Magliano – A  Magliano anunciou que para a sua Carteira Swing Trade desta semana, ela optou por indicar o Banco do Brasil (BBAS3), Braskem (BRKM5), Hypera (HYPE3), Iochpe-Maxion (MYPK3), Marcopolo (POMO4), Pão de Açúcar (PCAR4)Telefônica (VIVT4).

Notícias

Balança Comercial – balança comercial brasileira encerrou a terceira semana de fevereiro com um superávit de US$ 808 milhões. As exportações somaram US$ 3,022 bilhões e importações chegaram a US$ 2,214 bilhões

Reforma da Previdência – De acordo com a Constituição, a reforma da Previdência não poderia ser discutida, e muito menos aprovada, enquanto acontece a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. O presidente Michel Temer havia dito que iria suspender a medida no estado para a Reforma fosse aprovada. Porém, o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e o senador Paulo Paim (PT-RS) pediram o Supremo Tribunal Federal (STF) que evitasse tal manobra. Segundo os parlamentares, a ideia de acabar com a intervenção através de um novo decreto é uma “roupagem diferente de uma ato de suspensão, mas a finalidade de fraudar a Constituição é igualmente evidente”.

Diante da impossibilidade de votar a Reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, anunciou um agenda com 16 projetos econômicos para equilibrar os impactos que seriam obtidos pela medida. A ideia é que os planos alterantivos funcionem para estimular a economia

Comentários

  1. Enrique Alvite diz:

    Gostei das seções Destaques corporativos e Recomendações

Deixe um comentário