Boa noite, Investidor! 28 de fevereiro de 2018

LinkedIn

Confira o que aconteceu depois da abertura do mercado hoje.

Para mais informações sobre o que foi notícia antes da abertura da Bolsa, confira o nosso Bom dia, Investidor!

Destaques Corporativos

Banco Panamericano (BPAN4) – A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou 15 administradores do Banco Panamericano por irregularidades na elaboração, análise e divulgação de informações financeiras da companhia. As multas aplicadas somam R$ 52,970 milhões.

Weg (WEGE3) – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira (28) com restrições a compra da TGM pela Weg. 

Petrobras (PETR3) (PETR4) – O Cade vetou a aquisição de 100% do capital social da Liquigás, subsidiária da Petrobras, pela Ultragaz. O Conselho entendeu que isso faria com que a Ultragaz dominasse o mercado de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP).

Coelce (COCE3) – A companhia Coelce anunciou um lucro líquido de R$ 107.23 milhões no 4º trimestre de 2017, valor 6,84% inferior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior.  Na comparação com o 3º trimestre de 2017, houve uma diminuição de 5,68% no lucro da empresa. 

Carrefour (CRFB3) – Carrefour Brasil reportou lucro líquido de R$ 633 milhões no fim do quarto trimestre de 2017. O valor representa alta de 9% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

EDP Energias do Brasil (ENBR3) – O presidente da EDP Energias do Brasil (ENBR3), Miguel Setas, disse que “a decisão da companhia em investir em Santa Catarina, à Celesc (CLSC4) está relacionada com a qualidade do ambiente institucional e com a qualidade do ambiente do negócio”. No total, a EDP tem o intuito de adquirir 33,6% da Celesc, o que pode gerar um desembolso de R$ 429 milhões.

Multiplan (MULT3) – A companhia Multiplan anunciou um lucro líquido de R$ 368.54 milhões em 2017, valor 18,20% superior ao lucro líquido apurado no ano anterior. O desempenho também foi superior ao valor médio dos cinco anos anteriores, quando a empresa teve um crescimento médio de 6,67% por ano.

Odontoprev (ODPV3) – A companhia Odontoprev anunciou um lucro líquido de R$ 116.09 milhões no 4º trimestre de 2017, valor 97.21% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior. Na comparação com o 3º trimestre de 2017, houve um crescimento de 78,05% no lucro da empresa.

Whirlpool (WHRL3) – A companhia Whirlpool anunciou um lucro líquido de R$ 198.49 milhões no 4º trimestre de 2017, valor 62,99% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior. Na comparação com o 3º trimestre de 2017, houve um crescimento de 178,04%.

WEG (WEGE3) – A companhia WEG anunciou um lucro líquido de R$ 1.14 bilhões em 2017, valor 1,16% superior ao lucro líquido apurado no ano anterior. O desempenho de 2017 também foi superior ao valor médio dos cinco anos anteriores, quando a empresa teve um crescimento médio de 7,79% por ano.

Embraer (EMBR3) – O presidente da Embraer (BOV:EMBR3), Paulo Cesar de Souza e Silva, acredita que as negociações para uma parceria com a Boeing estarão finalizadas neste semestre, independentemente da decisão tomada pelas empresas.

Ampla Energia (CBEE3) – A companhia Ampla Energia anunciou um lucro líquido de R$ 150.75 milhões no 4º trimestre de 2017, valor 762.21% superior ao prejuízo líquido apurado no mesmo período do ano anterior. Na comparação com o 3º trimestre de 2017, houve uma melhora de 270,86% no resultado da empresa.

Gerdau (GGBR4) – A companhia Gerdau anunciou um prejuízo líquido de R$ 1.38 bilhão no 4º trimestre de 2017, valor 55% melhor que o prejuízo líquido apurado no mesmo período do ano anterior. Na comparação com o 3º trimestre de 2017, houve uma piora de 1.055,16% no resultado da empresa.

Eletropaulo (ELPL3) – A AES anunciou que pode se desfazer de sua participação na Eletropaulo, afirmou a empresa nacional. Segundo fato relevante, a AES Corp está analisando alternativas em relação ao seu investimento.

Recomendações

Even (EVEN3)/Benndorf Research – Benndorf Research sinalizou a realização de lucros nos ativos da Even. O primeiro alvo era nos R$ 6,40. Para quem optar por continuar posicionado, a recomendação é de ajustar o stop na casa dos R$ 6,10.

Suzano (SUZB3)/Terra Investimentos – Terra Investimentos recomendou a compra de ativos da Suzano. A entrada deve ser feita entre os R$ 21,30 e os R$ 21,50. O objetivo parcial é nos R$ 22,50, com valorização de 4,6%, e o objetivo final é nos R$ 23,00, com upside de 7%. O Stop Loss é nos R$ 20,39.

Vale (VALE3)/BB Investimentos – Com base nos resultados trimestrais da Vale, BB indicou a revisão do preço-alvo do ativo de R$ 43,00 para R$ 56,00, com recomendação de compra. O ativo continua sendo top pick da corretora.

CTEEP (TRPL4)/BB Investimentos – BB Investimentos elevou o preço-lavo da CTEEP de R$ 67,30 para R$ 73,00 para até o final do ano, representando um potencial de valorização de 8,5%.

BB Seguridade (BBSE3)/Benndorf Research – Segundo a Benndorf, para quem está comprado no BB Seguridade, a indicação é para reduzir a exposição e esperar por novos sinais de alta antes de aumentar o peso do ativo na carteira. Já para quem pretende entrar, a recomendação é aguardar por uma reversão positiva no suporte dos R$ 27,00 ou um retorno para os R$ 23,00. O preço-alvo é nos R$ 31,75, sob uma analise fundamentalista.

Carrefour (CRFB3)/ Benndorf Research – Analisando os resultados do 4T17 do Carrefour, a Benndorf recomendou a compra do ativo. A entrada é entre R$ 15,00 e R$ 14,40, com stop nos R$ 14,00. A reversão positiva na casa dos R$ 14,20 confirma o canal lateral no médio a curto prazo e abre uma compra com alvo na resistência dos R$ 16,40.

Notícias

Lula – O julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula foi adiado a pedido da defesa do petista. O advogado de Lula que fará a sustentação oral do argumento está doente. A nova data foi definida para dia 6 de março, às 13h.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.