Bom dia, Investidor! 22 de fevereiro de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir! 

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor!

Pré Market

Os investidores até que encontraram, na ata do Federal Reserve divulgada ontem, o tom suave (“dovish“) capaz de autorizar uma nova rodada de apetite por risco. Mas o movimento teve vida curta. Pouco depois da divulgação, os mercados globais se deram conta de que o documento era velho, pois foi escrito antes dos dados de emprego nos Estados Unidos (payroll) em janeiro, que deram o início à forte correção recente.

E hoje é esse movimento que prevalece no exterior, com o sinal negativo espalhado entre bolsas, moedas e commodities, em meio ao avanço do juro projetado pelo título norte-americano de 10 anos (T-note) para além de 2,90%. Os índices futuros das bolsas de Nova York têm queda firme, diante da percepção em Wall Street de que a ata da reunião de janeiro do Fed estava com prazo de validade vencido.

Nos mercados nacionais, o presidente Michel Temer reúne-se, pela manhã, com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e com o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn. A pauta do encontro não foi divulgada, mas o governo deve tratar com sua equipe econômica do pacote de 15 medidas prioritárias na área, que já enfrenta resistência entre os parlamentares.

Leia: Pré-Market: Não era bem isso

Destaques Corporativos

Banco do Brasil (BBAS3) / Resultados – O Banco do Brasil divulgou nesta quinta-feira (22) os seus resultados referente ao quarto trimestre de 2017. Segundo o banco, o lucro líquido ajustado da empresa obteve um desempenho de 82,5% superior ao mesmo período do ano anterior, fechando o ano em R$ 3,2 bilhões.

Banco do Brasil (BBAS3) / Juros sobre Capital Próprio – O Conselho de Administração do Banco do Brasil aprovou a distribuição de R$ 675.667 milhões sob a forma de juros sobre capital próprio. O pagamento está previsto para acontecer no dia 12 de março de 2018 e contemplará a base acionária do dia 01/03.

Banrisul (BRSR6) / Juros sobre Capital Próprio – O Banrisul anunciou o pagamento de Juros Sobre Capital próprio referente ao primeiro trimestre de 2018. O montante líquido é de R$ 71.825 milhões. Segundo a empresa, o pagamento será feito no dia 28 de março.

Ultrapar (UGPA3) / Dividendos – A Ultrapar anunciou a distribuição de dividendos no montante total de R$ 489 milhões, a serem pagos a partir do dia 12 de março de 2018.

Recomendações de Ativos

Ultrapar (UGPA3) / Credit Suisse – O Credit Suisse reiterou a recomendação do ativo como “neutra” e elevou o preço-alvo para R$ 89 no fim de 2018; citando menor custo de capital.

Kroton (KROT3) / BTG Pactual – Os analistas do Banco optaram por rebaixar a recomendação do papel para “neutra” e elevou o alvo para R$ 17,50.

Equatorial (EQTL3) / Safra Corretora – A Safra Corretora aumentou o alvo da Equatorial para R$ 75,6, mantendo a recomendação outperform. 

Cosan (CSAN3) / Credit Suisse – O banco elevou o preço-alvo da Cosan para R$ 55, mantendo a recomendação outperform devido ao mais caixa por recebíveis.

Estácio (ESTC3) / BTG Pactual – A equipe de analise do BTG Pactual considerou a ação da Estácio como top pick no setor; a recomendação foi elevada para compra e o preço-alvo ajustado para R$ 40.

Ser Educacional (SEER3) / BTG Pactual – O alvo do ativo foi elevado para R$ 36,50. Segundo os analistas, o forte crescimento favorece a recomendação de compra.

Notícias

Rodrigo Maia / Segurança Pública – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) destacou nesta quarta-feira (21) a criação de novos impostos no país. Segundo ele, o presidente da República teria consultado sobre a possibilidade da criação de um imposto para custear gastos com segurança pública.

Bitcoin / Cotação – A principal criptomoeda amanheceu em queda nesta quinta-feira (22), com uma variação de -2.84%, a moeda estava cotada a US$ 10.261,06.

Agenda Econômica

BRASIL
*  A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h a expectativa dos consumidores para a inflação nos próximos 12 meses referente a fevereiro.

* A Confederação Nacional da Indústria (CNI) publica, às 10h, o Indice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) deste mês.

* O Tesouro promove a partir das 11h leilão de venda de títulos LTN com vencimento em 1 de abril de 2019, 1 de abril de 2020 e 1 de janeiro de 2022

* O Tesouro promove a partir das 11h leilão de venda de títulos NTN-F com vencimento em 1 de janeiro de 2025 e 1 de janeiro de 2029.

ESTADOS UNIDOS

* Os pedidos de seguro-desemprego da semana encerrada no último sábado serão publicados às 10h30 pelo Departamento do Trabalho. Na semana anterior, os pedidos subiram em 7 mil, para 230 mil. O mercado prevê estabilidade em 230 mil pedidos.

* O índice de indicadores antecedentes de janeiro será publicado às 12h pelo Conference Board. Em dezembro, o índice subiu 0,6% ante novembro. Analistas esperam alta de 0,7% em janeiro.

* A posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 13h pelo Departamento de Energia (DoE).

EUROPA E ÁSIA
* Alemanha: o índice IFO de confiança do empresário de fevereiro será publicado às 6h30 pelo CESifo Group. Em janeiro, o índice subiu a 117,6 pontos, após os 117,2 pontos de dezembro.

* Reino Unido: o índice do setor de serviços de dezembro será publicado às 6h30 pelo departamento de estatísticas. Em novembro, o índice subiu 1,6% em base anual.

* Reino Unido: a segunda leitura do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre de 2017 será publicada às 6h30 pelo departamento de estatísticas. Na primeira leitura, o PIB cresceu 0,5% ante o terceiro trimestre e 1,5% ante o quarto trimestre de 2016.

* Eurozona: a ata da última reunião de política monetária será publicada às 9h30 pelo Banco Central Europeu (BCE).

* Japão: o índice de preços ao consumidor de janeiro será publicado às 20h30 pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicação. Em dezembro, houve inflação anual de 1%.

Aviso ao Acionista: Ambev anuncia pagamento de dividendos nesta quinta-feira, 22 de fevereiro

Nesta quinta-feira (22), a Ambev (ABEV3) iniciará a distribuição de seus dividendos, com base no balanço extraordinário realizado no dia 30 de novembro de 2017. O valor a ser pago será de R$ 0,07 por ação, sem retenção de imposto de renda na fonte.

O benefício irá contemplar a base acionária do dia 31 de janeiro de 2018 e a partir do dia 01 de fevereiro, as ações e ADR’s da empresa passarão a ser negociadas como “ex-dividendos”.

Os acionistas que já indicaram conta bancária terão seus créditos disponíveis na conta corrente informada. Para aqueles que ainda não fizeram essa indicação, o Banco Bradesco irá enviar um aviso contendo as informações sobre o pagamento. O valor poderá ser retirado em uma das agências do banco, mediante apresentação do aviso.

Deixe um comentário