Eventos que devem mexer com os mercados globais de moedas, títulos e ações

LinkedIn

Mercados Globais

A semana será tomada por uma série de eventos importantes que devem mexer com os mercados globais de moedas, títulos e ações. O presidente do Federal Reserve, dos EUA, fará o seu depoimento ao Congresso, expondo a visão do banco central em relação ao estado da economia e as perspectivas para o.

Na quarta feira (28) será divulgada a segunda estimativa para o PIB americano do quarto trimestre e na quinta sairão os dados da renda pessoal e inflação de janeiro. A China e Europa divulgam dados da produção industrial medida pelo PMI, com impactos significativos nas expectativas de crescimento dos agentes.

O dólar deve se manter em trajetória de ligeira desvalorização em relação às outras moedas, com Powell reforçando o sentimento de que a política monetária será ajustada de forma cautelosa até seu ponto de equilíbrio, por volta de 2020 ou 2021. O dólar deve manter, se os dados não mudarem essa percepção de ajuste feito de forma branda, sua trajetória de desvalorização em relação à principais moedas globais. Veja o gráfico do comportamento do dólar contra uma cesta de moedas dos principais parceiros comerciais dos EUA, calculada pelo Federal Reserve de St Louis:

Brasil

No Brasil, serão divulgados dados do déficit público, do setor externo e, mais importante de todos, do PIB do último trimestre de 2017. Nossa estimativa para o PIB do quatro trimestre é de alta de 0,65%, fechando o ano em alta de 1,15% a 1,25%. Também serão divulgados dados do desemprego e, com eles, teremos uma visão mais completa sobre a economia brasileira no primeiro mês do ano. Divulgarão os resultados do quarto trimestre, Vale, Gerdau, B3, Ambev e mais quatorze empresas importantes.

Deixe um comentário