Dia pode ser melhor

LinkedIn

O dia pode ser melhor para os mercados de risco no mundo, apesar do dólar ainda estressado continuar afetando emergentes. Ontem a B3 registrou expressiva queda de 3,35%, com o índice em 83621 pontos e voltando para a parte inferior da zona de congestão que vigora desde início de fevereiro. Isso depois de ter sinalizado na véspera que poderia buscar o recorde histórico na faixa de 88300 pontos. Entre máxima e mínima o índice oscilou algo como 3200 pontos.

Ainda presente o ajuste em função da reunião do Copom que manteve a Selic estabilizada em 6,50%, a percepção de risco maior para países emergentes e dólar mais forte. Além disso declarações sempre polêmicas de Donald Trump sobre dificuldades nas negociações comerciais com a União Europeia e também certo desdém com o próximo encontro com a Coreia do Norte.

Hoje será dia de agenda praticamente vazia no mundo. As bolsas da Ásia fecharam em alta, a Europa está operando com comportamento misto e os futuros do mercado americano estão no campo positivo. Aqui há espaço para recuperação depois da queda de ontem, mas o mercado deve permanecer volátil e indefinido. Durante a madrugada no Japão foi anunciada a inflação de abril medida pelo CPI (consumidor) com alta anual de 0,6% e núcleo em 0,7%, ainda muito longe da meta do BOJ de caminhar para 2,0%. Na Alemanha, a inflação pelo PPI (atacado) de abril foi de 0,5%, com taxa anualizada de 2,0%. Na zona do euro, o superávit comercial de março foi de 21,2 bilhões de euros, e na Itália o movimento 5 Estrelas e a Liga Norte aprovaram um programa de governo conjunto.

Nos EUA, Loretta Mester, do FED de Cleveland, pediu cautela na revisão da regulação financeira. Na sequência dos mercados no exterior o petróleo WTI negociado em NY mostrava alta de 0,10%, com o barril cotado a US$ 71,56. O euro era transacionado em queda para US$ 1,178 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 3,10%. Ouro e prata com quedas na Comex e commodities agrícolas com comportamento de alta na bolsa de Chicago. A criptomoeda Bitcoin operava em queda de 0,92% e cotada a US$ 8105.

No segmento local, continuam as discussões sobre cessão onerosa entre Petrobras e o Governo e a AGU deve arbitrar a discussão dos valores. O leilão de excedente pode ocorrer ainda em 2018. O ex-ministro José Dirceu deve ser preso hoje e o candidato Geraldo Alckmin disse que fará 4 reformas, a saber: política, previdência, tributária e do estado.

Por aqui os DIs começaram o dia com juros em alta para diferentes vencimentos e o dólar já abriu estressado com alta de 0,61% e cotado a R$ 3,722. Na B3 o dia pode ser positivo e de volatilidade.

Bom dia e bons negócios. 

Deixe um comentário