CEO da Cielo renuncia ao cargo

LinkedIn

Em comunicado enviado ao mercado nesta sexta-feira (13), a Cielo (BOV:CIEL3informou que o seu diretor-presidente Eduardo Campozana Gouveia, apresentou uma carta de renúncia ao cargo, que foi aceita pelo Conselho de Administração da empresa.

De acordo com o documento, a renúncia de Eduardo foi justificada por motivos de foro pessoal e familiar, após Gouveia comandar a empresa por um ano e meio. Segundo a Cielo, o ex-CEO deixará marcas boas que foram adquiridas durante a sua gestão, como uma estrutura de tomada de decisão mais ágil, maior capacidade de execução de projetos e ambiente de trabalho crescentemente orientado ao desenvolvimento dos potenciais individuais.

Minha passagem pela Cielo foi, certamente, uma das mais ricas de minha vida, no aspecto tanto profissional quanto pessoal. Sair foi a decisão mais difícil que já tomei. Demandou muito tempo e muita reflexão. Aqui na Cielo tive a oportunidade de fazer parte de um time de altíssima qualidade e desempenho, vivenciando um dos momentos de maior transformação da indústria de meios de pagamento. Tenho certeza de que os esforços que empreendemos serão recompensados no futuro em face do compromisso da companhia com a geração de valor aos seus acionistas. Deixo um grupo de colaboradores que tenho como parte de uma grande família, da qual tive orgulho de pertencer. Saio com sentimento de missão cumprida por ter dado passos firmes na direção correta. ” – Eduardo Campozana Gouveia.

A Cielo informou que Clovis Poggetti Junior, atual vice-presidente executivo de finanças e diretor de relações com investidores, vai ocupar interinamente a posição de CEO até que novo nome seja apresentado. Poggetti ingressou na companhia em 2007, após carreira em finanças na indústria de eletrônicos. Na Cielo, atuou até 2009 como Diretor de Controladoria, e, posteriormente, até final de 2010 como Diretor de Finanças.

Deixe um comentário