Mercosul e comissários europeus retomam reunião em busca de acordo

LinkedIn

Ministros do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) retomam em, Bruxelas (Bélgica), nesta quinta-feira (19) reunião com os comissários europeus de Comércio e Agricultura para negociar o acordo com a União Europeia (UE). Ontem, a reunião foi encerrada sem consenso  e as conversas tiveram que ser estendidas para hoje. Fontes do governo afirmam que as expectativas não são otimistas.

Representando o Brasil estão o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, e o da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge.

O acordo começou a ser discutido em 1999 e a negociações foram interrompidas entre 2004 e 2010.

Anteontem (17), representantes das indústrias do Brasil e da Alemanha assinaram uma carta em que defendem a conclusão do acordo comercial e afirmam existir condições políticas favoráveis. O documento foi assinado pela Confederação Nacional da Indústria, Federação das Indústrias Alemã e pelo Conselho da Indústria Alemã para a América Latina.

Expectativas

Na última segunda-feira (16), o comissário europeu de Agricultura, Phil Hogan, afirmou que a União Europeia não está satisfeita com os progressos das negociações e descartou a hipótese de um pacto definitivo ser anunciado ainda nesta semana.

Na reunião de ontem, Phil Hogan, fez uma breve aparição e logo se retirou da reunião, afirmando ter outros compromissos. A atitude foi entendida pelos ministros do Mercosul como sinal de que o acordo não deve avançar. Hogan, até o início da tarde de hoje, não havia comparecido ao encontro.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.