Ministro do Trabalho é afastado por suspeita de fraude

LinkedIn

Uma nova fase da Operação Registro Espúrio, da Polícia Federal, afastou nesta quinta-feira (05) o ministro do Trabalho, Helton Yomura, das suas atividades. A casa do ministro, no Rio de Janeiro e o gabinete do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), em Brasilia, foram alvos de busca e apreensão pelos Agentes da PF.

A operação, que teve início no dia 30 de maio, apura uma suposta organização criminosa formada por políticos e servidores que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos pelo ministério. De acordo com as investigações, os registros eram entregues mediante pagamento.

O afastamento do ministro, autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), estabelece que Yomura fica impossibilitado de frequentar o Ministério do Trabalho e de ter contato com os demais investigados ou até mesmo com servidores do setor.

Fonte: G1

Deixe um comentário