Coluna do TradingView: Estudos pós-eleição

LinkedIn

Com mercado volátil após a eleição que definiu o presidente da república, analistas do TradingView trazem seu viés nos estudos nesta Terça-feira.

Paulo Tedesco 

Forja Taurus PN – (BOV:FJTA4)

É aquilo, no mercado financeiro não existe barbada! O Sr. Mercado é bipolar! FJTA4, uma das ações mais valorizadas pelo efeito Bolsonaro caiu fortemente no primeiro pregão após a eleição do Capitão da reserva, caiu incríveis 31,5%!

O ativo formou um engolfo de baixa e disparou venda pelo HiloActivator. A MME5 já tem viés baixista, digo eu, inclinação negativa. (veja o gráfico dinâmico). PC-FJTA

Maestro Atrium

Cemig PN – (BOV:CMIG4)

CMIG4 oferece 2 oportunidades de entrada a favor da tendência de alta.

Primeira entrada, caso se mantenha acima de R$11,30. Segunda entrada, caso o ativo volte pra região de 10,70, dá uma excelente oportunidade de pullback na antiga máxima da consolidação.

Em ambos os casos, aguardamos confirmação com um candle de força compradora e volume acima da média. Caso esta condição não ocorra, a operação é invalidada. (veja o gráfico dinâmico)MA-CMIG

Filipe Ramos

Índice Bovespa – (BOV:IBOV)

Habemus Presidentum! Bolsonaro eleito com 55% dos votos válidos presidente do Brasil. Claro o desafio é enorme quer você goste dele ou não. O Brasil é um país atravancado de burocracia e impostos e a promessa do novo presidente é reformar isso daí (talquei?). É uma tarefa hercúlea.

O mercado, no entanto, compra expectativa e vende realidade. Ele não precisa alcançar todos esses objetivos para motivar os investidores, basta tentar. E nessa perspectiva o nosso mercado pode ser muito atrativo para especuladores. Não dá pra saber o que vai acontecer com certeza. Mas se projetarmos um movimento igual ao de 2016-2018, teremos no Ibovespa um alvo em 120k até 2020.

Projetar linearmente o movimento pode parecer ingenuidade, mas se considerarmos que a economia do Brasil estagnou no período mencionado, vindo um período de forte recessão e que agora pode voltar a crescer, quem sabe até com força, não seria absurdo acreditar num movimento parecido nos próximos 2 anos. Precisaríamos de um confluência de fatores externos favoráveis também, commodities em alta, economia do mundo saudável e etc. Por isso, qualquer previsão de longo prazo se torna mais incerta, mas acredito que a curto e médio prazo vamos pra cima. (veja o gráfico dinâmico)FR-Ibov

Gabriel Fauth

USD Index Dow Jones – (DOWI:USDOLLAR)

Mais uma semana de alta para o DXY (índice dólar) apenas afirmando o quão forte está a economia Norte Americana. Hoje tivemos um dado muito interessante que mostra confluência com o gráfico.

Podemos notar no gráfico que hoje tivemos um dia’ que retração tanto por conta do relatório econômico quanto pela saturação do preço. O preço chegou a performar um topo duplo no nível de 96 pontos. É importante ressaltar que o padrão ainda está em formação, completamente jovem.

Para mensurarmos a (potencial) validade do padrão tracei uma LTA’ sinalizando o crescimento do preço no curto prazo, com a retração do preço rompendo a LTA’ entende-se que o mercado busca preços inferiores, talvez o suporte na media da range em 95,4. Um teste neste suporte ou até mesmo o rompimento trás confiança para esse padrão e podemos traçar estratégias de operação em cima desse cenário, uma vez que ambos (LTA’ e Suporte) são fatores que demonstram a vontade do mercado.GF-DXY

Ductor Marcus

Suzano Papel ON – (BOV:SUZB3)

Pela correlação de mercado o situação de SUZB3 me remete a ideias de que está num ponto crítico para corrigir bem forte. Entendo que o estopim para isso seria a vitória do Bolsonaro que por outro lado vai foguetão ativos como Banco do Brasil, Petrobras.

Fiz um círculo na zona atual cujo multiplicador acima de 5x nos remete naquele ponto de fundo destacado em 24,30. Se o Haddad ganhar aí especulo que vão tirar $ de outros ativos para hedge na Suzano e demais ativos do setor. (veja o gráfico dinâmico)DM-SUZB3

Disclaimer: Análises aqui são apenas estudos. Não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda. Tampouco refletem a opinião do veículo de mídia no qual estão sendo vinculadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado. Se você não tem experiência, não opere. E se tiver experiência, não opere também.

Nossos Autores:

Paulo C. Tedesco – Paulo Cesar Cano Ramirez, trader atuante em vários mercados. pctedesco.blogspot.com.

Renato Maestro – Head Trader especialista em alta performance na Atrium Capital e ajudo pessoas comuns a se tornarem profissionais de sucesso na bolsa de valores.

Filipe Ramos – Trader desde 2016, focado em índices e commodities. Geólogo de Formação.

Gabriel Fauth – Especulador de mercados internacionais, estudante de análise técnica pelo
http://forex360.com.br.

Ductor Marcus – “Ductor Marcus” é advogado tributarista e especulador da bolsa de valores há mais de 17 anos. http://momentoeconomico.com.br/

Deixe um comentário