Ações da JBS disparam mais de 5% após divulgação de resultado trimestral

LinkedIn

Após apresentar resultados trimestrais recordes na manhã desta quarta-feira (14), as ações da JBS (BOV:JBSS3) negociavam na maior alta desde dezembro de 2017. Às 11h15, a ação subia 5,28% a R$ 10,37.

Na máxima, o papel chegou a bater 5,8% de alta, a maior desde dezembro de 2017, quando a ação passou a cair frequentemente em consequência ao envolvimento em casos de corrupção. Com o desempenho positivo, o papel acumula ganho de 5,7% no ano.

A equipe de análise do BTG Pactual presente revisar suas estimativas para o papel após os resultados do terceiro trimestre. Em relatório, a equipe destacou a melhora substancial na liquidez e na redução de dívidas por meio da venda de ativos. Os analistas acreditam que a JBS está em uma posição ótima para aproveitar o ciclo das commodities nos Estados Unidos, Austrália e Brasil. O banco optou por reiterar a recomendação neutra.

A corretora Spinelli acredita que o bom resultado da companhia esteja relacionado à melhora dos negócios no Brasil e as condições favoráveis à produção de carne bovina nos EUA.

Resultados

A JBS, maior produtora de proteína animal do mundo e dona da marca Friboi, encerrou o terceiro trimestre com um prejuízo de R$ 133 milhões, ante um lucro de R$ 323 milhões no ano passado. O prejuízo foi causado em grande parte por perdas com a variação do dólar e pela adesão ao Programa de Regularização Tributária Rural (Funrural). Sem esses efeitos extraordinários, o lucro líquido recorrente da empresa seria de R$ 2,135 bilhões.

A receita líquida da JBS foi de R$ 49,402 bilhões no terceiro trimestre, crescimento de 20,1% sobre os R$ 41,144 bilhões do mesmo trimestre de 2017. com destaque para JBS Brasil e Seara, que tiveram crescimento da receita no período de 37,2% e 8,8%, respectivamente. No trimestre, cerca de 73% das vendas globais da JBS foram realizadas nos mercados domésticos em que a companhia atua e 27% por meio de exportações.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.