Top 5 passa a ver apenas uma alta dos juros em 2019 e reduz Selic a 6,75%

LinkedIn

O grupo dos economistas que mais acertam as previsões na pesquisa Focus do Banco Central voltou a reduzir sua estimativa para a taxa básica de juros neste ano, calculando a Selic a 6,75%, de acordo com o levantamento divulgado nesta segunda-feira.

O Top 5 havia na pesquisa anterior elevado sua projeção para a Selic a 7,00%, mas voltou a ver menor aperto monetário neste ano, projetando apenas uma alta dos juros, de 0,25 ponto percentual, em dezembro.

Os economistas como um todo continuam vendo a Selic a 7% no fim de 2019 na mediana das projeções. Com a Selic no atual patamar de 6,5%, o cenário esperado é de uma alta de 0,25 ponto em outubro e outra em dezembro. Para 2020, também permanece o cálculo de taxa básica de juros a 8%.

A pesquisa com uma centena de economistas mostrou ainda ajuste para baixo nas contas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, calculado agora em 2,53%, 0,04 ponto percentual a menos do que na semana anterior.

Para 2020, entretanto, a estimativa melhorou em 0,1 ponto, para uma expansão de 2,60%.

Na pesquisa realizada semanalmente pelo BC os economistas veem a alta do IPCA em 2019 em 4,01%, de 4,02% antes, calculando a inflação em 2020 em 4,00%. Em 2018, a inflação terminou a 3,75%..

O centro da meta oficial de 2019 é de 4,25% e, de 2020, de 4%, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Com Reuters

 

Deixe um comentário