Bom dia, Investidor! 19 de fevereiro de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Itaúsa (ITSA4): O conselho de administração da Itaúsa aprovou nesta segunda-feira, 18, a distribuição de juros sobre capital próprio. Segundo a empresa, o benefício será pago no dia 07 de março de 2018, no valor líquido de R$ 0,006885 e terá  como base, a posição acionária do dia 17 de dezembro de 2018.

Gol (GOLL4): Em comunicado, a Gol Linhas Aéreas anunciou que vai divulgar seus resultados do 4T18 no dia 28 de fevereiro, antes da abertura do mercado.

Smiles (SMLS3): A Smiles abriu nesta segunda, 18, seu site exclusivo para a Argentina. “Com uma projeção de investimento superior a R$ 50 milhões, distribuídos entre operações, marketing e pessoal, a empresa pretende representar 10% da operação Smiles em três anos”, afirmou a companhia.

Eneva (ENEV3): A Eneva informou nesta segunda-feira (18) que entregou à Techint uma notificação para iniciar a implantação da UTE Parnaíba 5A e 5B, com capacidade instalada de 385 MW, a ser instalada no Complexo Termelétrico Parnaíba, estado do Maranhão.

Banestes (BEES3): O Banestes reportou lucro líquido de R$ 181 milhões no exercício de 2018. Segundo o banco, o resultado foi 3,3% maior que o de 2017. No mesmo período, o resultado operacional foi de R$ 335 milhões, 15,6% maior que o alcançado no ano anterior.

Linx (LINX3): A Linx anunciou na noite desta segunda-feira, 18, os resultados consolidados do quatro trimestre de 2018. Segundo a empresa, o lucro líquido obtido no período foi de R$ 17,2 milhões, alta de 0,9% quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Recomendação de ativos 

Vale (VALE3): Os analistas do Goldman Sachs retomaram a cobertura do ADR da Vale com recomendação neutra e preço-alvo em US$ 12,75.

Brasil Agro (AGRO3): A equipe do BB investimentos iniciou a cobertura da Brasil Agro com recomendação outperform e preço-alvo de R$ 20.

Notícias

PIB: A economia do Brasil cresceu 1,1% em 2018, informou nesta terça-feira (19) o monitor do PIB da FGV. O índice é quase o mesmo de 2017, que foi de 1%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O resultado é muito abaixo do previsto no início do ano passado e decepcionante quando se leva em conta que vem após dois anos consecutivos de forte retração econômica e de um crescimento com trajetória ascendente em 2017, aponta Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV.

Commodities 

Minério de ferro: A jornada desta terça-feira na bolsa de mercadorias de Dalian, na China, foi marcada pela estabilidade dos preços dos contratos futuros do minério de ferro. O ativo não registrou variação ao fechamento dia, ficando estável a 631,00 iuanes para cada tonelada.

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em abril deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta terça-feira, 19, em alta. A commodity iniciou o dia cotado a US$ 66,48, variando 0,07% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Câmbio

Dólar: O dólar opera em alta nesta terça-feira (19), à espera de novas rodadas de negociações entre os Estados Unido e a China para resolver a guerra comercial e o mercado monitorando avanços ligados à Previdência no Congresso após demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. Às 9h04, a moeda norte-americana subia 0,3%, vendida a R$ 3,7429. (G1)

Agenda econômica

CapturadeTela2019-02-19às09.26.06

Deixe um comentário