Entender o IPCA hoje é fundamental para escolher bons investimentos

LinkedIn

A primeira semana de fevereiro marcou a divulgação do IPCA de janeiro e acabou com a ansiedade de uma boa parte da população. Essa ansiedade girava em torno da expectativa sobre a reação e o desempenho da inflação no governo de Jair Bolsonaro.

Após muita espera, os números que foram divulgados pelo IBGE registraram que, em janeiro, o IPCA foi de 0,32%. O índice apresentou crescimento, afinal, em dezembro o IPCA ficou em 0,15%.

O IPCA é um dos indicadores que mais influenciam os investimentos e deve ser acompanhado de perto pelos investidores. Este índice impacta diretamente o rendimento de muitos títulos de renda fixa. Assim, saber o valor em que está o IPCA hoje deve ser um conhecimento presente para ajudar investidores a tomarem boas decisões.

O IPCA, ou Índice de Preços ao Consumidor Amplo, é o indicador utilizado para medir a variação de preços de serviços e produtos oferecidos no mercado para o consumidor final. Dessa forma, o IPCA representa o índice oficial da inflação no Brasil, servindo como fonte para o Banco Central criar medidas para conter um mercado inflacionário.

Esse dado deve ser utilizado para que, ao procurar o melhor investimento, o investidor saiba o rendimento da aplicação que escolheu e o quanto esse título vai render além da inflação.

Influência do IPCA nos investimentos

O acompanhamento do IPCA serve como base para que o governo implemente medidas para conter a inflação e permitir que a economia do Brasil cresça. O mercado também é influenciado pelo indicador, já que comerciantes, empresários e produtores utilizam a variação do IPCA como base para reajustes de preços de produtos e serviços.

Dessa forma, a maioria das empresas é impactada diretamente pela inflação. O posicionamento dessas marcas no mercado depende do quanto elas conseguem analisar o IPCA hoje em dia e criar soluções para continuar entregando bons resultados.

Além disso, o mercado financeiro também recorre a este indicador como base para a rentabilidade de diversos investimentos de renda fixa. Enquanto muitos títulos de renda fixa possuem seus rendimentos prefixados, os títulos atrelados ao IPCA possuem uma parte dos rendimentos prefixados e uma outra parte composta por uma porcentagem que varia de acordo com a variação desse índice.

A grande vantagem desses investimentos que são atrelados ao IPCA é que, em condições normais da economia, eles terão rentabilidade superior ao percentual da inflação do mesmo período. Por causa disso, em momentos em que a inflação estiver alta, esses títulos se transformam em ótimas alternativas para conseguir bons rendimentos na renda fixa.

Principais investimentos atrelados ao IPCA

NTN-B Principal – Tesouro IPCA: esta alternativa do Tesouro Direto possui rentabilidade híbrida. Isso quer dizer que possui uma parte da sua rentabilidade vinculada ao IPCA e outra definida no momento da compra do título.

NTN-B – Tesouro IPCA com juros semestrais: este título é semelhante ao anterior, porém com uma alteração: o pagamento dos juros acontece semestralmente, ou seja, a cada 6 meses.

LCI – Letra de Crédito Imobiliário: título de renda fixa privado que permite ao investidor aplicar seu dinheiro e favorecer o no setor imobiliário. Além de ser um tipo de investimento isento do pagamento do Imposto de Renda, a LCI também possui uma alternativa que oferece uma parte da rentabilidade atrelada ao IPCA e outra parte prefixada.

LCA – Letra de Crédito do Agronegócio: este título privado tem o objetivo de permitir a arrecadação para o agronegócio. A LCA também apresenta uma alternativa com rendimento híbrido, que possui relação com o IPCA e outra parte composta por juros prefixados.

Influência do IPCA na renda variável

A influência do IPCA não fica restrita à renda fixa. Os investimentos em ativos negociados na Bolsa de Valores também são influenciados com a variação do IPCA.

O desempenho das ações de empresas é diretamente influenciado pela inflação do país. Isso acontece porque o valor dessas ações depende da valorização das empresas no mercado, que por sua vez depende da inflação do país.

Além disso, o IPCA hoje em dia mede a variação de preços de produtos de vários setores da economia. Analisando essas informações é possível realizar projeções sobre o crescimento de alguns setores, destacando as empresas que têm potencial para se valorizar na situação atual da economia.

Portanto, acompanhar o desempenho do IPCA hoje em dia é um bom hábito para quem deseja investir, tanto na renda fixa quanto na renda variável.

Deixe um comentário