Brasil: balança comercial acumula superávit de US$ 3,544 bilhões nas três primeiras semanas de Março

LinkedIn

Nas três primeiras semanas de março de 2019 (entre os dias 01 e 17), período que contou com nove dias úteis, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 3,544 bilhões, resultado de exportações no valor de US$ 9,923 bilhões e importações de US$ 6,379 bilhões.

O saldo comercial na primeira semana do mês ficou positivo em US$ 655 milhões. Já na segunda semana, a balança comercial registrou um superávit de US$ 1,742 bilhões. Na terceira semana, a balança comercial brasileira também fechou no positivo: US$ 1,185 bilhões

No acumulado do ano, após 51 dias úteis, o país acumula um saldo comercial positivo de US$ 9,443 bilhões, fruto de exportações que totalizam US$ 44,829 bilhões e importações que somam US$ 35,387 bilhões.

Exportações nas três primeiras semanas de Março de 2019

Nas exportações, comparadas as médias até a 3ª semana de março de 2019 (US$ 1,102 bilhão) com a de março de 2018 (US$ 939,4 milhões), houve crescimento de 17,4%, em razão do aumento nas vendas das três categorias de produtos: básicos (+28,5%, de US$ 472,6 milhões para US$ 607,1 milhões, por conta, principalmente, de petróleo em bruto, soja em grão, farelo de soja, café em grão, algodão em bruto), manufaturados (+7,2%, de US$ 346,1 milhões para US$ 370,8 milhões, por conta de máquinas e aparelhos para terraplanagem, partes de motores e turbinas para aviação, tubos flexíveis, de ferro/aço, obras de ferro ou aço, gasolina) e semimanufaturados (+3,2%, de US$ 120,7 milhões para US$ 124,6 milhões, por conta de semimanufaturados de ferro/aço, ouro em formas semimanufaturadas, ferro-ligas, alumínio em bruto, ferro fundido bruto e ferro spiegel).

Relativamente a fevereiro de 2019, houve crescimento de 35,3%, em virtude do aumento nas vendas de produtos básicos (+45,2%, de US$ 418,1 milhões para US$ 607,1 milhões), semimanufaturados (+26,3%, de US$ 98,7 milhões para US$ 124,6 milhões) e manufaturados (+24,5%, de US$ 297,8 milhões para US$ 370,8 milhões).

Importações nas três primeiras semanas de Março de 2019

Nas importações, a média diária até a 3ª semana de março de 2019, de US$ 708,7 milhões, ficou 7,8% acima da média de março de 2018 (US$ 657,6 milhões). Nesse comparativo, cresceram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (+64,2%), cereais e produtos da indústria da moagem (+61,7%), plásticos e obras (+28,2%), equipamentos elétricos e eletrônicos (+17,2%), veículos automóveis e partes (+6,0%).

Ante fevereiro de 2019, houve crescimento de 12,3%, pelos aumentos em veículos automóveis e partes (+42,0%), plásticos e obras (+27,5%), equipamentos elétricos e eletrônicos (+26,5%), equipamentos mecânicos (+15,1%), combustíveis e lubrificantes (+7,8%).

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.