Bom dia, Investidor! 22 de abril de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Para saber o que aconteceu na sexta-feira, após o fechamento dos mercados, confira o Momento do Investidor.

Destaques corporativos

Petrobras (PETR4) (PETR3): Após a decisão da Petrobras de manter o reajuste no preço do diesel, lideranças de grupos de caminhoneiros ameaçam desencadear uma nova greve para a próxima segunda-feira, dia 29.

Petrobras: Mais cedo, a estatal divulgou um comunicado ao mercado em que reafirma o início dos estudos para a venda adicional de uma fatia na BR Distribuidora. Segundo a empresa, estão em estudos diversas alternativas, como uma oferta pública secundária de ações (follow on).

Azul (AZUL4): O presidente da Azul, John Rodgerson, afirmou no final da semana passada que não tem mais interesse em adquirir a companhia, diante do modelo proposto pelos credores. Enquanto isso, o Cade abriu um procedimento preparatório para acompanhar a venda dos ativos, já que haveria indícios de que a Gol e a Latam poderiam ter cometido condutas anticompetitivas na disputa.

CCR (CCRO3): A CCR realiza hoje Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária em que vai deliberar sobre a proposta de pagamento de R$ 71 milhões a ex-executivos por conta do Programa de Incentivo à Colaboração (PIC).

Lojas Renner (LREN3): O Conselho de Administração da Lojas Renner elegeu Fabio Adegas Faccio como diretor presidente da companhia, em substituição a José Galló, que deixa a diretoria. O processo de transição havia sido anunciado em novembro passado.

Eletrobras (ELET6) (ELET3): Apesar da resistência de alguns integrantes do Planalto, o processo para privatização da Eletrobras está avançando, destaca o Estadão. O presidente da companhia, Wilson Ferreira Júnior, afirmou que os estudos sobre a venda da empresa continuam em andamento e estão sendo aprofundados.

CPFL (CPFE3): CPFL Energia informou por meio de fato relevante a postergação do prazo para o cumprimento da obrigação de recomposição do free float da companhia até 31 de outubro de 2019.

Randon (RAPT4): Randon divulgou que a receita líquida consolidada da companhia cresceu 9,4% em março na comparação anual, somando R$ 399,2 milhões. No acumulado do primeiro trimestre, a companhia atingiu uma receita de R$ 1,133 bilhão, representando uma expansão de 23% sobre igual intervalo do ano passado.

Usiminas (USIM5): Usiminas enviará ao conselho um projeto para a ampliação de sua linha de aços galvanizados em Ipatinga (MG). O presidente da companhia, Sergio Leite, prevê que até o final do ano o projeto, R$ 1 bilhão, possa ser aprovado. A linha teria a capacidade de produzir entre 400 mil e 500 mil toneladas por ano.

Vale (VALE3): O relator da CPI de Brumadinho no Senado, Carlos Viana (PSD-MG), pretende propor em seu relatório final um aumento no imposto sobre o royalty pago pelas mineradoras, conhecido como Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), informa o jornal Valor Econômico.

Recomendação de ativos

Petrobras: O UBS recomenda compra para os papéis, com preço-alvo de R$33.

Notícias

Boletim Focus: Os analistas das instituições financeiras baixaram, pela oitava vez seguida, a estimativa para o crescimento da economia neste ano – que passou de de 1,95% para 1,71%.

Para o ano que vem, a expectativa do mercado financeiro para expansão da economia recuou de 2,58% para 2,50%. Nesse caso, foi a quinta queda seguida do indicador.

Para 2019, os economistas do mercado financeiro baixaram a expectativa de inflação de 4,06% para 4,01%. A meta central deste ano é de 4,25%, e o intervalo de tolerância do sistema de metas varia de 2,75% a 5,75%.

Commodities

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em junho deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta segunda-feira, 22, em alta. A commodity iniciou o dia cotada a US$  73,73, variando 2,4% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Câmbio

Dólar: O dólar opera em queda nesta segunda-feira (22). Às 9h13, a moeda norte-americana caía 0,16%, vendida a R$ 3,9209. Na quinta-feira, véspera de feriado nacional, o dólar caiu 0,18%, vendida a R$ 3,9278. Na semana passada, o dólar acumulou alta de 1,02%. No ano, o avanço é de 1,38%.

Agenda econômica

CapturadeTela2019-04-22às09.27.29

Deixe um comentário