Braskem diz que não foi intimada em ação de R$6,7 bi em AL, mas que tomará medidas pertinentes

LinkedIn

A Braskem (BOV:BRKM5) informou na noite de terça-feira que não foi intimada nos autos de ação judicial proposta contra ela pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública de Alagoas pedindo bloqueio de aproximadamente R$ 6,7 bilhões, mas afirmou que avaliará e tomará as medidas pertinentes.

A petroquímica afirmou em comunicado ao mercado que tomou conhecimento pela imprensa da referida ação, que busca garantir eventuais indenizações à população afetada pelo fenômeno geológico ocorrido em bairros próximos à área de extração de salgema em Maceió.

“Quanto ao fenômeno ocorrido no bairro do Pinheiro, a companhia reitera que vem colaborando junto às autoridades na identificação das causas e que as análises técnicas dos órgãos competentes ainda estão em andamento e até o momento não se pode afirmar que as atividades da Braskem sejam a causa dos eventos observados no bairro”, disse no documento.

Deixe um comentário