Direcional divulga primeira prévia de 2019 com crescimento de 15% nas vendas líquidas

LinkedIn

A Direcional Engenharia (BOV:DIRR3) divulgou na noite desta terça(9), seus resultados operacionais referentes ao 1º trimestre do exercício de 2019 (1T19).

No 1T19, a Direcional lançou 9 empreendimentos/etapas, oito destes no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida e um no segmento Média Renda. Crescimento de 55% na base anual.

O VGV (Valor Geral de Vendas) total de lançamentos foi de R$ 392 milhões (R$ 316 milhões % Direcional).

O VGV é o valor total a ser potencialmente obtido pela venda de todas as unidades de determinado empreendimento imobiliário ao preço de lançamento.

“O crescimento nos lançamentos de incorporação, que desconsidera o segmento Faixa 1, foi de 13% em relação ao mesmo período do ano anterior. No trimestre a Direcional lançou um projeto no segmento MAC, com VGV de R$ 66 milhões. Importante ressaltar que este produto será financiado no modelo Associativo, portanto com baixa exposição de caixa”, explicou a empresa.

No 1T19, as vendas líquidas atingiram R$ 287 milhões, crescimento de 15% em relação ao 1T18 quando comparado com o total de vendas de Incorporação, que desconsidera o segmento Faixa 1.

O segmento MCMV 2 e 3 atingiu R$ 273 milhões de vendas líquidas, crescimento de 7% em relação ao 1T18.

A velocidade de vendas líquidas do 1T19, medida pelo indicador VSO (Vendas Líquidas sobre Oferta), atingiu índice de 13%.

“Esse indicador foi impactado, principalmente, por concentração de lançamentos no último mês do trimestre; redução na conversão de propostas em vendas, decorrente de mudanças nas características do programa e análise de crédito por parte dos bancos, sazonalidade do desempenho de vendas impactado por período de férias e carnaval tardio”, afirmou a Direcional.

A VSO do segmento MCMV 2 e 3, alcançou 16%. Desconsiderando os projetos lançados no último mês, a VSO teria atingido 18%.

No 1T19, foram adquiridos onze terrenos voltados ao segmento MCMV 2 e 3, com potencial de construção de 10.352 unidades e VGV de R$ 1,5 bilhão (nenhum dos terrenos possui parceiro).

Estes terrenos estão localizados nos estados do Amazonas, São Paulo, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

De acordo com a Direcional, o custo médio de aquisição foi equivalente a 10% do VGV potencial, sendo que 91% do pagamento se dará via permuta, que não causa impacto no caixa da companhia no curto prazo.

A Direcional Engenharia é uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e atuação em todas as regiões do território Nacional. Em 2019, as ações da empresa valorizaram 17,60%.

 

Deixe um comentário