JSL anuncia IPO da sua subsidiária Vamos; Oferta pode movimentar até R$ 1,2 bilhão

LinkedIn

A Vamos, subsidiária do grupo JSL (BOV:JSLG3) que atua na locação de caminhões e máquinas, informou que a oferta pública de ações (IPO), agendada para o dia 2 de maio, ficará com uma faixa indicativa de preço entre R$ 17 e R$ 21. Dessa forma, a oferta poderá alcançar até R$ 1,2 bilhão.

A empresa pretende realizar uma oferta de distribuição primária e secundária de 52,85 milhões de ações ordinárias, o que representa 42,8% de seu capital social. Do total, 26,76 milhões serão novas ações e 26,086 milhões pertencem ao acionista vencedor, a JSL.

A quantidade de ações poderá aumentar em até 15%, fazendo com que a operação possa movimentar até R$ 1,2 bilhão.

Pelo menos 10% das ações no IPO da Vamos devem ser vendidas a investidores no varejo, que possuem de R$ 3 mil a R$ 1 milhão. Se você se interessou, o período de reserva vai de 16 a 26 de abril e a definição do preço da ação está prevista para o dia 29.

Caso a ação saia no teto da faixa indicativa, a empresa pode chegar à bolsa valendo R$ 2,6 bilhões.

As ações da Vamos serão negociadas na B3 com o código “VAMO3”. O Bradesco BBI é o coordenador líder da ação, com o BTG Pactual como agente estabilizador. Atuam como coordenadores o Santander, Bank Of America, XP Investimentos, BB Investimentos, Caixa Econômica e o Banco Safra. 

Resultados

A empresa que nasceu como uma “costela” da JSL encerrou o ano passado com uma frota de 10.862 unidades, sendo 8.755 caminhões ou similares e 2.107 máquinas e equipamentos. A Vamos conta ainda com uma rede de 40 lojas, formada por 14 concessionárias de caminhões e ônibus da marca VW/MAN, 15 concessionárias de máquinas e equipamentos agrícolas da marca VALTRA e 11 lojas de seminovos.

A receita líquida da companhia atingiu R$ 983,3 milhões em 2018, um aumento de 46% em relação ao ano anterior. Na mesma base de comparação, o lucro líquido da companhia cresceu 26%, para R$ 116,3 milhões.

Com Valor Econômico 

Deixe um comentário