As ações de dividendos mais indicadas pelos analistas em maio

LinkedIn

Os cenários externo e interno mudaram da semana passada para cá. No exterior, houve a volta da tensão comercial entre Estados Unidos e China, com novas ameaças do presidente Donald Trump de tributar a importação de produtos chineses.

E, internamente, o governo de Jair Bolsonaro se mostra ainda mais dividido entre sua ala militar e a dos que apoiam o filósofo-astrólogo Olavo de Carvalho, o que pode complicar ainda mais a articulação política para aprovação da reforma da Previdência na Câmara e até a condução do dia a dia de outras áreas do governo.

Um ambiente instável assim sugere dificuldades para a renda variável, em especial para empresas mais líquidas e mais sujeitas aos humores dos investidores. Já ações de empresas boas pagadoras de dividendos e juros sobre capital próprio costumam sofrer um pouco menos.

No mês passado, o Índice de Dividendos da bolsa B3 subiu 2,63% em abril, acumulando no ano 8,11% de ganho. O Ibovespa registrou alta de 0,98% no mês e 9,63% no ano, em meio à instabilidade provocada pela dificuldade do governo de Jair Bolsonaro tocar a reforma da Previdência no Congresso.

Neste mês, além das dificuldades da Previdência no Congresso, que prometem não ser poucas, o cenário externo volta a preocupar e pode agravar a crise na Argentina, que se aproxima de novas eleições. A economia argentina pode complicar a situação de algumas empresas exportadoras, vistas como proteção para crise, mas que sofreram em abril, caso de Marcopolo e Randon.

Assim, papéis de empresas com geração de caixa mais estável, baixo endividamento, menor necessidade de investimentos, que consigam corrigir os preços de seus produtos e com boa política de distribuição de lucros podem ser uma opção menos arriscada para enfrentar a turbulência.

Entre as sugestões de dividendos das 13 corretoras acompanhadas pelo Portal do Pavini, 14 ações se destacam com três ou mais indicações. As empresas do setor elétrico dominam, com Taesa, Transmissão Paulista, Engie e AES Tietê. O setor financeiro vem em seguida, com o IRB, Itaúsa e sua controlada Itaú Unibanco, Banco do Brasil e Banrisul, uma aposta clara na retomada do crédito.

Confira abaixo as principais indicações de ações de dividendos para este mês.

As preferidas em dividendos
Maio Código Indicações
Taesa Unit TAEE11 5
Trasm. Pta. PN TRPL4 5
Engie ON EGIE3 4
IRB Brasil ON IRBR3 4
Itausa PN ITSA4 4
Itaú Unibanco PN ITUB4 4
Metal Leve ON LEVE3 4
MRV Engenharia ON MRVE3 4
Banco do Brasil ON BBAS3 3
Banrisul PNB BRSR6 3
CCR ON CCRO3 3
Sanepar Unit SAPR11 3
AES Tietê Unit TIET11 3
Telefonica Brasil PN VIVT4 3

Bom desempenho em abril

A maioria das corretoras conseguiu um bom resultado em suas indicações de dividendos para abril, com duas casas obtendo ganhos acima de 5%.

A novidade deste mês é a XP, que mudou a carteira e eliminou os pesos diferentes por papel. As recomendações da corretora incluem Engie e AES Tietê, geradoras de energia conhecidas por serem tradicionais pagadoras de dividendos, Transmissão Paulista, ou CTEEP, empresa do segmento de transmissão de energia, cuja estabilidade de resultados permite o pagamento de elevados dividendos, o Itaú Unibanco, para quem a corretora espera um fluxo crescente de dividendos e até mesmo a sofrida Vale. A XP optou por manter a mineradora por acreditar que o ciclo de dividendos ainda se materializará, apesar de adiado com a tragédia de Brumadinho.

Confira abaixo as indicações de cada instituição para maio.

Carteiras de dividendos
Indicações de maio
Corretora ação código Dividendos Rentabilidade
Guide Investimentos Banco do Brasil ON BBAS3 4,6 5,30%
IRB Brasil ON IRBR3 3,9
Engie ON EGIE3 6,4
Taesa Unit TAEE11 8,1
BR Distribuidora ON BRDT3 6,7
Banrisul PNB BRSR6 4,9
Sanepar Unit SAPR11 5,6
Cyrela ON CYRE3 6,9
Santander Telefonica Brasil PN VIVT4 7,15 2,89%
Banrisul PNB BRSR6 4,87
IRB Brasil ON IRBR3 3,89
Itaúsa PN ITSA4 5,31
Smiles ON SMLS3 7,24
Copasa ON CSMG3 3,09
Energisa Unit ENGI11 2,07
Bradesco/Ágora B3 ON B3SA3 4,5 5,90%
Taesa Unit TAEE11 7,7
Sanepar Unit SAPR11 6,6
Tenda ON TEND3 13,7
ABC Brasil PN ABCB4 8,6
Itaú Banco do Brasil ON BBAS3 5,3 ND
Copasa ON CSMG3 8,2
Transm Paulista TRPL4 13,3
Metal Leve ON LEVE3 8,4
MRV Engenharia ON MRVE3 11,4
BB Investimentos Banco ABC Brasil PN ABCB4 7,76 ND
CCR ON CCRO3 2,82
Cia Hering ON HGTX3 3,88
Itaú Unibanco PN ITUB4 4,31
MRV Engenharia ON MRVE3 9,4
Smiles ON SMLS3 6,8
Taesa Unit TAEE11 7,5
AES Tietê Unit TIET11 8,8
Transm Paulista PN TRPL4 6,6
Metal Leve ON LEVE3 5,5
XP Investimentos Itaú Unibanco PN ITUB4 ND
Vale ON VALE3
ISA CTEEP TRPL4
Engie Brasil ON EGIE3
AES Tietê Unit TIET11
Mirae Asset AES Tietê Unit TIET11 1,30%
CCR ON CCRO3
Banrisul PNB BRSR6
Porto Seguro PSSA3
Engie Brasil ON EGIE3
Itausa PN ITSA4
Cemig PN CMIG4
Sanepar Unit SAPR11
Taesa Unit TAEE11
Transmissão Pta PN TRPL4
Coinvalores Corretora Alupar Unit ALUP11 0,20%
Trasm. Pta. PN TRPL4
IRB ON IRBR3
EZTec ON EZTC3
Itaú Unibanco PN ITUB4
Cosan ON CSAN3
Tupy ON TUPY3
BR Distribuidora ON BRDR3
Metal Leve ON LEVE3
MRV Engenharia ON MRVE3
Necton Investimentos BB Seguridade ON BBSE3 1,9
CCR ON CCRO3
Itausa PN ITSA4
Vivo VIVT4
Engie ON EGIE3
Genial Investimentos Itausa PN ITSA4 1,49%
Porto Seguro PSSA3
Duratex ON DTEX3
IRB Brasil ON IRBR3
Metal Leve ON LEVE3
Planner Corretora Banco do Brasil ON BBAS3 4,03 3,18%
Cemig PN CMIG4 3,03
CSN ON CSNA3 3,23
Cosan ON CSAN3 4,37
Ferbasa PN FESA4 4,72
Ativa Investimentos Itaú Unibanco PN ITUB4 3,70%
Klabin Unit KLBN11
Natura ON NATU3
Equatorial ON EQTL3
B3 ON B3SA3
Ultrapar ON UGPA3
Taesa Unit TAEE11
Magazine Luíza ON MGLU3
Terra Invest Telefonica Brasil PN VIVT4 10,9 ND
MRV Engenharia ON MRVE3 4,7
Valid ON VLID3 4,6
Cielo ON CIEL3 17,5
BB Seguridade ON BBSE3 10

Fonte: Corretoras. Retorno em dividendos ao ano calculado com base nos preços das ações no fim do mês passado pelas corretoras. Rentabilidade no mês anterior, informada pelas corretoras. As indicações não consideram pesos diferentes para os papéis que podem ser sugeridos pelas instituições. No Itaú, a carteira não é renovada mensalmente. 

Deixe um comentário