#MercadoDiário: Bovespa fecha em queda, pressionada por disputa EUA-China e Previdência

LinkedIn

O principal indicador da bolsa paulista, o Ibovespa, fechou em queda nesta quinta-feira (9), pressionado pelo movimento negativo de ações com maior liquidez e pela guerra comercial entre Estados Unidos e China.

O índice caiu 0,83%, aos 94.807 pontos.

A ação preferencial da Petrobras recuou 1,97%, enquanto Vale perdeu 0,94%.

Na quarta-feira, o Ibovespa subiu 1,28%, aos 95.596 pontos.

Também nesta quinta, a B3 anunciou que atingiu a marca histórica de 1 milhão de investidores pessoa física. O número foi registrado em abril, quando os cadastros ativos chegaram a 1.046.244. No fechamento de março, a B3 contava com 982 mil investidores dessa categoria

Dólar

O dólar fechou em alta nesta quinta-feira (9), acompanhando a cautela no exterior em meio às renovadas tensões comerciais, e tendo a reforma da Previdência no radar.

A moeda norte-americana subiu 0,48%, vendida a R$ 3,9519.

O Banco Central vendeu nesta quinta-feira todos os 5,05 mil swaps cambiais tradicionais ofertados em leilão para rolagem do vencimento julho. Em seis operações, o BC já rolou US$ 1,515 bilhão, de um total de US$ 10,089 bilhões a expirar em julho.

O estoque de swaps do BC no mercado é de US$ 68,863 bilhões.

Deixe um comentário