Suzano Papel (SUZB3) teve prejuízo de R$ 1.23 bilhão no 1º trimestre de 2019

LinkedIn

A companhia Suzano Papel anunciou um prejuízo líquido de R$ 1.23 bilhão no 1º trimestre de 2019, resultado bem inferior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 813.13 milhões). Na comparação com o 4º trimestre de 2018 (lucro líquido de R$ 1.46 bilhão), houve uma grande piora na performance da empresa.

Já a receita líquida da companhia aumentou 90,04% de um ano para o outro, passando de R$ 3 bilhões para R$ 5.7 bilhões. Em relação ao último trimestre (R$ 3.23 bilhões), a receita aumentou 76,49%.

Os ativos totais da Suzano Papel (BOV:SUZB3) totalizaram R$ 99.31 bilhões no 1º trimestre de 2019, soma 230,19% maior que o saldo de R$ 30.08 bilhões registrado no encerramento do mesmo período do ano anterior.

O patrimônio líquido da companhia, por sua vez, apresentou expansão de 63,27%, ao comparar todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no fechamento do 1º trimestre de 2019 (R$ 20.35 bilhões) com a mesma data em 2018 (R$ 12.47 bilhões).

A dívida líquida ficou em R$ 58 bilhões no encerramento do 1º trimestre de 2019, aumento de 526,72% ante os R$ 9.25 bilhões registrados no ano anterior.

Todos estes dados referem-se à consolidação do resultado financeiro da companhia Suzano Papel (BOV:SUZB3) com o resultado financeiro de todas as suas companhias subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia) relacionadas ao 1º trimestre de 2019.

Resultado da Suzano Papel nos últimos 12 meses

Nos últimos doze meses, a companhia Suzano Papel acumulou um prejuízo líquido de R$ 1.72 bilhão – desempenho inferior ao valor médio dos cinco anos anteriores (lucro líquido de R$ 233.75 milhões), quando a empresa teve um crescimento médio de 16,83% por ano.

Ainda considerando os últimos doze meses, a receita líquida da empresa totalizou R$ 16.14 bilhões. Essa soma foi maior que o valor médio dos últimos cinco anos (R$ 12.04 bilhões), quando a receita líquida da companhia Suzano Papel cresceu, em média, 12,09% por ano.

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a Suzano Papel

Suzano Papel e Celulose S/A é uma das principais produtoras de papel e celulose do Brasil. Essa empresa de base florestal atua na manufatura e comercialização de papel e de celulose de fibra curta de eucalipto, assim como também na formação e exploração de florestas de eucalipto. Sua linha de produtos de papel inclui papel e papelão revestido, não-revestido e cortado, vendido a dezenas de países.

Suzano Papel e Celulose é controlada pela Suzano Holding (BOV:NEMO5) e pertence ao Grupo Suzano. Possui unidades de manufatura nos estados da Bahia e São Paulo. A comercialização de seus produtos no mercado internacional acontece através de vendas diretas e, principalmente, através de suas subsidiárias localizadas no exterior. As subsidiárias da empresa incluem a Comercial e Agrícola Paineiras Ltda, Suzano Trading Ltd, Suzano America Inc, Bahia Sul Holdings GmbH e Suzano Europe SA, dentre outras.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário