Bom dia, Investidor! 10 de junho de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Petrobras (PETR4): A Petrobras entrou com três ações no Supremo Tribunal Federal (STF) em que alega que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) deu andamento a ações que deveriam estar travadas por ordem do STF, envolvendo o método de cálculo para benefícios previstos em acordo coletivo firmado em 2007.

Petrobras (PETR3): Além disso, a Petrobras disponibilizou o prospecto preliminar de uma oferta secundária de ações na qual a Caixa Econômica Federal buscará vender 241,34 milhões de ações que detém na petroleira estatal, segundo comunicado da companhia nesta segunda-feira (10).

Vale (VALE3): A Vale reiterou, em comunicado, a provisão de US$ 1,855 bilhão destinada ao processo de desativação das barragens a montante, que utilizam a mesma tecnologia da barragem de Brumadinho (MG). A informação já havia sido divulgada no balanço do primeiro trimestre de 2019 da mineradora, quando foi detalhado, em reais, o impacto financeiro do desastre ocorrido em janeiro.

Hapvida (HAPV3A Hapvida fechou a compra das empresas do Grupo América, de Goiânia (GO). O “enterprise value” da companhia é de R$ 426 milhões, representando um múltiplo implícito de 5,3 vezes o Ebitda de 2020, após capturadas todas as sinergias. O preço de aquisição será pago à vista, em dinheiro, descontados R$ 50 milhões de endividamento líquido apurado na data de fechamento da Operação.

BR Distribuidora (BRDT3): A Petrobras submeteu à Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) pedido de análise prévia para registro de oferta pública de distribuição secundária de ações ordinárias da BR Distribuidora, de sua titularidade. Após a análise, a oferta terá início com a concessão dos devidos registros pela CVM.

Avianca Brasil: A companhia área Avianca pode ter seu fim sacramentado hoje, quando está prevista sessão de julgamento do Tribunal de Justiça. Segundo a Coluna do Broadcast, a expectativa é de que a corte dê um veredicto sobre a realização do leilão dos slots (autorizações de pouso e decolagem) da empresa, que está em recuperação judicial desde dezembro de 2018.

Recomendações de ativos

Natura (NATU3): A equipe de analise do UBS elevou o preço-alvo da Natura para R$ 55, após incluir estimativas de sinergias com a aquisição da Avon.

Notícias

Boletim Focus: Os economistas das instituições financeiras reduziram a estimativa de alta do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano de 1,13% para 1%. Foi a 15ª queda consecutiva do indicador.

Para 2019, os economistas do mercado financeiro reduziram a expectativa de inflação de 4,03% para 3,89%. A meta central deste ano é de 4,25%, e o intervalo de tolerância do sistema de metas varia de 2,75% a 5,75%. Para 2020, o mercado financeiro manteve em 4% a estimativa de inflação.

Commodities

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em agosto deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta segunda-feira, 10, em alta. A commodity iniciou o dia cotada a US$ 63,59, variando 0,58% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Minério de ferro: Após o feriado da última sexta-feira, a sessão que abre a semana foi marcada pela forte valorização dos contatos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de Dalian, na China. O ativo encerrou o dia com alta 3,18% a 729,50 iuanes por tonelada do produto.

Dólar

O dólar abriu em alta nesta segunda-feira-feira (10). Às 9h13, a moeda norte-americana subia 0,18%, a R$ 3,8844. Na sexta-feira, o dólar fechou em queda de 0,13%, vendida a R$ 3,8775. Na parcial do mês, o dólar acumula queda de 1,20%. No ano. tem alta de 0,09%

Agenda econômica

CapturadeTela2019-06-10às09.23.47

Deixe um comentário